Prefeita de Alagoinha é alvo do MPPB por suposta prática de improbidade

Portaria que autoriza a abertura do inquérito civil foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do órgão dessa quarta-feira

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito civil público para apurar  suposta prática de improbidade administrativa por parte da prefeita de Alagoinha, Maria Rodrigues de Almeida Farias, mais conhecida como Maria de Zé Roberto, consistente na aquisição, durante os exercícios financeiros de 2019 e 2020, de gêneros alimentícios sem a realização de prévia licitação.

A denúncia recebida pelo órgão ainda afirma que no quadro empresarial, consta como proprietária da empresa a esposa do atual chefe de gabinete da Prefeitura.

O MPPB encaminhou ofício a Prefeita de Alagoinha, requisitando, no prazo legal, cópia integral e legível do procedimento de dispensa de licitação do qual resultou a contratação da empresa de Maria Sandra da Silva dos Santos Marcolino para fornecimento de gêneros alimentícios, bem como de todos os comprovantes de pagamento.

A portaria que autoriza a abertura do inquérito civil foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do MPPB, dessa quarta-feira (14)

Confira decisão