Pré-candidato a prefeito de Conde, Fernando Boca Louca é preso após desacato; assista

Ex-vereador chegou a resistir a prisão, e os policiais ainda tentaram o convencer a não complicar a situação

O pré-candidato a prefeito de Conde e ex-vereador – que renunciou ao cargo – Fernando Boca Louca (Avante) foi preso na manhã desta segunda-feira (4), na região central do município da Grande João Pessoa. O ex-parlamentar estaria perturbando a ordem pública em alguns locais da cidade, e nesta segunda gerou uma confusão na Guarda Municipal.

+ Em Conde: Aluísio Régis é alvo de inquérito que investiga fraude em licitação da Saúde

De acordo com informações, o ex-vereador teria ido na Guarda Municipal apurar denúncia de posse de armas ilegais com os guardas. Uma viatura foi chamada para o local, e Boca Louca teria agredido um sargento da guarnição. Em seguida, ele foi preso e levado para Delegacia de Alhandra.

Boca Louca chegou a resistir a prisão, e os policiais ainda tentaram o convencer a não complicar a situação. Mas o ex-vereador insistiu não resistência, tendo que sair algemado do local.

Ele já tinha sido detido em meio as investigações da Polícia Civil que apuravam o esquema de “rachadinha” na Câmara de Conde, no ano passado. Boca Louca colaborou com as investigações e por isso não ficou preso. Ex-parlamentar renunciou ao cargo para não perder os direitos políticos e pretendia se candidatar novamente nas eleições 2020.

Assista

Comente