Ponte cai com 100 foliões que voltavam do carnaval; há feridos e desaparecidos

Pessoas ficaram feridas após uma ponte que liga Torres, no Rio Grande do Sul, a Passo de Torres, em Santa Catarina, cair na madrugada desta segunda-feira (20). A ponte fica sobre o Rio Mampituba e tem cerca de 30 metros de extensão.

O trecho é ligado por uma ponte pênsil, que é sustentada por cabos, para passagem de pedestres. De acordo com o secretário de Turismo de Torres, Matheus Junges, o acidente aconteceu por volta das 2h30, quando um grupo de pessoas voltava a pé de Passo de Torres para Torres depois de uma festa de Carnaval.

Segundo a prefeitura, cerca de 100 pessoas estavam em cima da ponte, que só tem capacidade para 20 (uma placa no local informa).

“Muita gente foi socorrida. Agora, tem uma estrutura montada fazendo buscas na região”, diz Matheus Junges.

A Brigada Militar (BM) e o Corpo de Bombeiros informaram que pelo menos 30 pessoas já foram resgatadas da água e há pelo menos três pessoas desaparecidas, entre elas uma mãe e o filho de 1 ano. Os bombeiros continuam as buscas.

Três pessoas que passavam por ponte não voltaram para a casa, dizem bombeiros

A responsabilidade pela ponte, inaugurada na década de 1980, é dos dois municípios, Passo de Torres e Torres. De acordo com o poder público, a manutenção da estrutura estava em dia e a documentação regular, o que permitia a passagem, com segurança, de pessoas. No entanto, a suspeita é que o excesso de peso tenha causado o acidente.

Estudantes que estavam na ponte contam como foi

Duas estudantes universitárias que estavam sobre a ponte contaram que a queda foi um momento de “desespero”.

“Quando a gente se deu conta, já tinha caído dentro da água. Foi muito rápido. Só ouvimos gente caindo dentro d’água e vimos gente subir para a superfície. (…) A gente ficou com medo, sentiu esse desespero”, conta Luciana Soares Tavares.

Segundo ela e a amiga Juliana Barbieri, também estudante universitária, havia pessoas correndo sobre a ponte e balançando a estrutura. Isso, junto ao excesso de peso, deve ter causado a queda da ponte, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Luciana e Juliana contam que saiam de um bar em Torres quando decidiram ir para o Carnaval em Passo de Torres. Na avaliação delas, seria mais rápido ir pela ponte pênsil.

Segundo elas, como havia muitas pessoas na ponte, decidiram aguardar que parte delas saísse da ponte para poder passar. No entanto, no meio do trajeto, quando já faziam a passagem, a ponte cedeu e elas caíram na água.

Do G1