Pollyanna diz que “ala mais radical” foi responsável por saída de João do PSB

Saída do governador João Azevêdo do PSB é culpa da ala mais radical do partido. Essa é a opinião da deputada estadual Pollyanna Dutra (PSB), dada durante discurso na tribuna nesta terça-feira (10), ao comentar sobre os últimos acontecimentos envolvendo a sigla socialista no estado. A parlamentar ainda teceu duras críticas aos colegas que teriam feitos gestos e dado sinais para que o gestor tomasse a atitude de romper com o partido.

“Uma ala mais radical do partido através de gestos de sinais, impor para que o governador tomasse essa decisão que foi sair do PSB, algo inacreditável, o partido que o elegeu demonstrar sinais para que o governador tome essa atitude” afirmou a deputada; sem citar nomes

Para Pollyanna “tornaram impossível a permanência de João no partido”.

A parlamentar ainda declarou que acredita que o governador deverá tirar o melhor do caso.

“Mas como diz o ditado popular, não há males que não tragam o seu bem e o governador João Azevêdo vai ter o tempo necessário de se apartar de determinadas práticas que vinham ocorrendo no decorrer de dez anos que não era benéfica para a Paraíba” declarou Pollyanna.

Comente