- Publicidade -
Cotidiano

Policial salva bebê engasgado com leite materno, em João Pessoa

“A vida estava em minhas mãos, e Deus me deu a dádiva de salva-la”. Foi assim que o sargento Nilson Batista do Nascimento, da Polícia Militar, definiu a ocorrência em que salvou um bebê de apenas 10 meses de idade, que havia se engasgado com leite materno, na noite do último sábado (30), e que, por pouco, não perdeu a vida. O salvamento aconteceu na Unidade Polícia Solidária (UPS) do bairro Ernesto Geisel, em João Pessoa.

- Continua depois da publicidade -

O policial estava de serviço na UPS quando, por volta das 19h30, Emanuele Costa buscou ajuda desesperada com seu bebê engasgado, o pequeno Matheus Henrique. “Ela havia vindo de carona, do Grotão, para pedir ajuda e para acionarmos uma ambulância, já que seu filho havia se engasgado com leite materno, estava com dificuldade de respirar e começava a desfalecer”, explicou o sargento. “Minha primeira reação foi tranquiliza-la e realizar os procedimentos, já que não daria tempo para chamar uma ambulância: coloquei o bebê na minha coxa, de cabeça para baixo, e comecei as compressões acima da boca do estômago”, disse.

Após isso, a criança, que até o momento estava sem responder a estímulos e praticamente sem sinais de vida, gradativamente começou a chorar e recuperar a consciência. Logo depois, o sargento Nilson encaminhou a mãe, junto com o seu filho, para ajuda médica no hospital da região para os devidos cuidados.

“No hospital do Valentina, o próprio médico que nos atendeu disse que se o policial não tivesse feito o procedimento naquele momento, meu filho não estaria mais com vida. Agradeço primeiramente a Deus, às pessoas que me ajudaram a levar meu filho até a UPS, e ao sargento Nilson pela vida do meu bebê”, concluiu a mãe, emocionada com o salvamento.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar