Polícia prende na PB grupo criminoso acusado de aplicar golpe milionário em bancos

Suspeitos faziam parte de uma empresa de energia solar e utilizavam documentos falsos para realizar empréstimos

A Polícia Civil prendeu três suspeitos na Paraíba de aplicar um golpe de cerca de R$ 5 milhões em agências bancárias, em operação que aconteceu nesta quinta-feira (23). O grupo criminoso fazia parte de uma empresa de energia solar e utilizava documentos falsos para realizar empréstimos.

De acordo com a Polícia, eles são de Rio Tinto, na Paraíba, e agiam em São Paulo e outros estados brasileiros.

“Essas placas [de energia solar] eram adquiridas através de empréstimos, muitos deles fraudulentos, inclusive com a propagação junto a idosos. O dinheiro dos empréstimos era depositado nas contas do dono da empresa, as placas não eram colocadas em seus destinos corretos e muitas vezes até vendidas para outras pessoas”, explicou o delegado Sylvio Rabelo.

Além disso, foram apreendidas armas de fogo, aparelhos celulares e máquinas de cartão de crédito.