Polícia apreende carga de cigarros e delegado fala em maior apreensão do Brasil em 2019

Uma quadrilha que atuava com a venda de cigarros contrabandeados foi desarticulada por volta das 21h desta segunda-feira (20), na Grande João Pessoa.

A operação foi realizada por equipes de policiais e de fiscais da Secretaria de Receita do Estado, que descobriram centenas de caixas de cigarros de origem paraguaia que estavam escondidos em um galpão localizado na cidade de Cabedelo.

O trabalho teve a participação de equipes da Polícia Rodoviária Federal, Fisco Estadual, Secretaria de Segurança e Defesa Social e Polícia Civil da Paraíba.

O galpão estão lotado com caixas de cigarros. O delegado Joames Oliveira, que atua na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), acompanhou os trabalhos e afirmou que a carga de cigarro apreendida já pode ser considerada a maior ocorrida, desse gênero, no país.

“Conseguimos chegar a esse galpão após o trabalho dos serviços de inteligências das polícias”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, a quadrilha usava a Paraíba para distribuir os cigarros em demais Estados do Nordeste.

“Essa quadrilha usava a Paraíba como apoio logístico. Reunia a carga aqui, para , em seguida, separar em pequenas quantidades e a distribuir pelo Rio Grande do Norte e Ceará”, declarou.

Cinco pessoas foram conduzidas à delegacia, suspeitas de integrarem a quadrilha. Segundo o delegado, elas poderão ser indiciadas por crimes de associação criminosa, organização criminosa, contrabando e descaminho.

A carga de cigarros será apreendida por fiscais de Receita e poderão ser incineradas.

Ainda não foi possível calcular a quantidade e o valor da carga, mas a polícia estima que cada caixa de cigarro apreendida seja comercializada ao valor de R$ 1 mil.

Detalhes da ação serão informados à imprensa durante entrevista coletiva que ocorrerá às 9h desta terça -feira (21) no auditório da Central de Polícia Civil, no Geisel, em João Pessoa.

Comente