Polícia apreende armas e munições irregulares em clube de tiros na Paraíba

Ação teve o objetivo de minimizar a atuação de grupos criminosos na região, que estavam fazendo do local depósito de armas de fogo

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma operação da Polícia Civil e do Exército Brasileiro apreendeu, nesta quinta-feira (2), em Itapororoca, na Paraíba, armas e munições irregulares que estavam em um clube de tiros no município.

Na ocasião, foram apreendidas armas e munições e três sócios da empresa foram conduzidos à delegacia de Mamanguape para esclarecimentos. A investigação foi aberta pela Polícia Civil após denúncias de que havia armas clandestinas sendo guardadas no estabelecimento e desrespeito à legislação.

Segundo o delegado seccional Sylvio Rabello, a ação teve o objetivo de minimizar a atuação de grupos criminosos na região, que estavam fazendo do clube de tiro, depósito e guarda de armas de fogo.

De acordo as investigações, foram investidos cerca de R$ 400 mil para a instalação do Clube de Tiro na cidade. “Seguem as investigações, que apuram ainda a origem do dinheiro empregado na construção de um clube de tiro numa cidade pequena como Itapororoca. A Polícia Civil ainda aguarda as diligências administrativas do Exército Brasileiro”, disse o delegado.

Sylvio Rabelo destacou ainda a importância da integração com o Exército, onde o setor competente fica no Estado vizinho, Rio Grande do Norte, e a operação se deu após vários encontros para o planejamento conjunto das Instituições.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, garantindo o sigilo absoluto sobre a identidade de quem faz a denúncia.