Poeta Pedro Neri lança pré-venda do seu 1º livro ‘Um ato de amor e de afeto’

Poeta pernambucano, radicado na Paraíba, Pedro Neri lança pré-venda do seu primeiro livro de poemas no qual “apresenta o amor em suas múltiplas faces”; campanha se estende até a primeira quinzena do mês de julho

Assim como outras linguagens artísticas, a poesia é um ponto de fuga para quem a adota como escrita. A necessidade de externar um sentimento, pensamento, sonho ou afeto se faz presente na transição para o papel. ‘Um ato de amor e de afeto’ (Triluna, 2021), primeira publicação do poeta e jornalista pernambucano Pedro Neri, possui todas as características já citadas, além de levar ao leitor gatilhos e cenários, como a preservação da memória, a solitude advinda da pandemia, a saudade de quem se foi, as reflexões existenciais do isolamento social, a encontros com o mar e o seu futuro.

A obra surge com a união de poemas registrados em seus vários caderninhos de anotações, ou até mesmo em tiras de papel e blocos de notas do celular, entre 2019 e 2020. Essa bagunça toda existe, pois nunca se sabe quando surgirá uma nova ideia, e é bom estar prevenido.

“Todavia o grande tema dessas poesias é o amor em suas múltiplas faces: o amor descoberto, o sofrido, o encantado, o perdido, o desejado, o amor que faz sangrar o coração. O amor é o motor da vida, o sentido da existência”, descreve o jornalista Alexsander Carvalho, que assina o prefácio do livro.

Pedro também é fotógrafo e, durante o período de escrita, estava prestando serviços a uma empresa de fotografia turística, em João Pessoa, cidade na qual mora há mais de sete anos. As cidades, as praias, os pontos turísticos, e as pessoas com as quais teve contato, lhe serviram de inspiração.

Até porque “a poesia também pode ser uma fotografia, só que escrita”, pontua o escritor.

Os dias quentes de João Pessoa e o seu entorno itinerário propiciaram ao poeta ‘paraibucano’ histórias contadas através de versos livres e que tange o labirinto infinito da memória, pois cada um de nós temos uma história para contar.

A pré-venda de ‘Um ato de amor e de afeto’ está acontecendo no Catarse e custa R$ 40,00. Acesse a página aqui. A campanha vai até o dia 20 de julho.

Sobre a Chamada da Lua Negra

O livro do poeta Pedro Neri faz parte do projeto Chamada da Lua Negra, idealizado pela editora Triluna, da cidade de João Pessoa. A iniciativa é encabeçada pela poetisa Aline Cardoso, que também é a fundadora da Triluna, e contempla 24 autoras e autores negras e negros de várias partes do país. A cada mês, duas obras são lançadas. Lançado no final de 2020, o edital tem como proposta dar oportunidade e visibilidade para pessoas negras escritoras lançarem suas obras literárias.

Minibio do autor

Pedro Neri é natural de Garanhuns, Agreste pernambucano, mas mora na Paraíba desde que ingressou no curso de Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o qual concluiu em 2017. Foi co-criador e co-editor do blog Segue o Som, o qual foi vencedor da categoria Blog, na modalidade RÁDIO, TV E INTERNET do XIX Intercom. Também foi estagiário do Laboratório de Jornalismo e Editoração da UFPB, e do Ministério Público da Paraíba, fazendo parte da equipe de assessoria de imprensa. Atuou como Professor Formador e Coordenador de cursos EaD do Instituto Federal da Paraíba (IFPB). Influenciado pelos pais musicistas, segue trilhando, mesmo que minimamente, em segmentos artísticos, como a fotografia, a música e a escrita.

Redes e contatos

Autor
Instagram: @pedrosilvaneri
Telefone: (83) 98893-1206

Editora Triluna
Instagram: @editoratriluna
e-mail: editoratriluna@gmail.com
site: https://editoratriluna.com.br/
Falar com Aline Cardoso

Mais informações

Arte da capa: Luiza Bié (@bieartecolagem_)
Prefácio: Alexsander Carvalho (@sandercarvalho3)
Orelha: Maria Lima (@mariacida_lima)
Fotos: Vitória Oliveira (@vitoriadoliveira_)