PMJP retoma projeto de atividades esportivas para crianças e adultos gratuitamente

Com sete modalidades esportivas ofertadas gratuitamente, a Divisão de Educação Física, Saúde e Esporte Escolar (Defise), da Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec), retomou as atividades para a população, com aulas no ginásio e piscina do Centro Administrativo Municipal (Cam), em Água Fria. O objetivo é usar o esporte como ferramenta de cidadania e proporcionar lazer e bem-estar para crianças e adolescentes com idade entre seis e 15 anos, além de adultos para as turmas de hidroginástica.

A diretora da Defise, Fernanda Albuquerque, disse que as aulas são oferecidas prioritariamente aos alunos e servidores municipais, mas quando não há o preenchimento total das turmas, as vagas também ficam disponíveis para alunos da rede privada de ensino. Nesse momento, existem turmas disponíveis para hidroginástica (tarde) e judô (manhã). “Para se inscrever, é necessário documentação pessoal do responsável e da criança, além de uma declaração de aptidão física do aluno”, explicou.

As aulas acontecem pela manhã e à tarde, nas modalidades natação, judô, futsal, ginástica rítmica, hidroginástica, ginástica artística e bocha (para pessoas com deficiência). “Sabemos da importância da atividade física na vida das pessoas e, aqui, temos professores capacitados, registrados no Conselho Regional de Educação Física, para auxiliar os alunos nesse contato com o esporte. Estamos atendendo um grande número de participantes para esse período, num cuidado especial da Prefeitura de João Pessoa”, concluiu Fernanda Albuquerque.

Quem fez sua estréia no futsal nesta segunda-feira (23) foi João Gabriel Tavares Macedo, de 12 anos. Os primeiros toques na bola e o aprendizado dos fundamentos do esporte foram acompanhados de perto por suas tias, Dáfne Souza Macedo e Iana Helena Souza Macedo. Além de incentivadoras, as irmãs responsáveis pelo jovem destacaram o caráter inclusivo e de bem-estar, nesse momento de retomada das atividades sociais na Capital.

“A gente ficou sabendo que estava tendo aulas de futsal através das redes sociais da Prefeitura de João Pessoa e, de imediato fizemos a matricula dele, que sempre quis jogar”, disse Dáfne, que também é profissional de Educação Física. “O esporte é fundamental, principalmente nesse momento em que as pessoas estão podendo sair do período ocioso”, afirmou. “A gente quis atender uma vontade dele e, ao mesmo tempo, fazer com que o João Gabriel pudesse gastar mais energia, colocar esporte na rotina dele”, endossou Iana Helena.