PMJP oferece tratamento para quem deseja parar de fumar; saiba onde

Neste período da pandemia, o usuário tem a opção de ligar para os serviços de saúde e agendar uma visita presencial ao local

A Prefeitura Municipal de João Pessoa disponibiliza diversos serviços de saúde para quem deseja começar ou continuar o tratamento contra o tabagismo. O tratamento é realizado nas Policlínicas de Jaguaribe, do Cristo e de Mandacaru, nos Centros de Atenção Psicossocial sobre Álcool e Outras Drogas Davi Capistrano (Varjão) e Jovem Cidadão (Torre) e na Unidade de Saúde da Família (USF) do Bessa.

A técnica de doenças e agravos não transmissíveis da Secretaria Municipal de Saúde, Niviane Ribeiro, comentou que esse período de pandemia da covid-19 pode ser um bom momento para parar de fumar. “Principalmente devido ao distanciamento social. É importante lembrar que quem fuma em casa prejudica seus familiares, pois, todos estão respirando as mesmas substâncias tóxicas dos derivados do tabaco, que se espalham no ambiente. Inclusive, estimular a iniciação do tabagismo entre crianças e ou jovens que convivem com fumantes”, acrescentou ela.

De acordo com Niviane Ribeiro, o fumante, se infectado pela covid-19, pode ter sua saúde ainda mais ameaçada, pelo fato de ter o sistema respiratório prejudicado e um possível comprometimento da capacidade pulmonar. Segundo ela, deixar de fumar pode reduzir o risco de desenvolver a forma mais severa da covid-19.

Neste período da pandemia, o usuário tem a opção de ligar para os serviços de saúde e agendar uma visita presencial ao local, onde fique mais próximo de sua residência. Será feita uma anamnese clínica, triagem, consulta com o médico, com solicitação de exames, para em seguida ser inserido nos grupos de apoio com psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas.

Grupo de apoio – O bancário aposentado, Amaro Guimarães Filho, é ex-fumante e hoje ajuda as pessoas que querem se libertar do vício do cigarro. “Antes de tomar qualquer medicação, o importante primeiro é aceitar que tem o vício e querer se tratar”, disse Amaro Guimarães, que hoje tem um grupo antitabagismo na Políclínica de Jaguaribe e constantemente está enviando mensagens de fortalecimento para os usuários. “Eu fui viciado em cigarro por 50 anos. Um dia fui conduzido ao Centro de Atenção Psicossocial da Prefeitura de João Pessoa e hoje ajudo as pessoas, encaminho para os órgãos de assistência para que tenham a devida atenção”.

Neste momento de pandemia e com temperaturas mais frias, as pessoas tendem a ficar mais ansiosas pelo período bem maior em que ficam isoladas e querem parar o tratamento. Mas, para Niviane Ribeiro, este é o momento para refletir e fazer algumas mudanças nos hábitos, como deixar o vício do cigarro.

Combate – O Dia Nacional de Combate ao Fumo é lembrado no dia 29 de agosto, e tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Criado em 1986 pela Lei Federal 7.488, a data inaugura a normatização voltada para o controle do tabagismo como problema de saúde coletiva.

“Ser fumante parece inofensivo, mas a longo prazo é tão maléfico para o usuário como para aqueles que o rodeiam. Então apague essa ideia e dê valor à sua vida e a dos outros também”, comentou Amaro Guimarães filho, em uma das frases motivacionais que escreve no grupo de Whatsapp para as pessoas que desejam parar de fumar.

SERVIÇO:

Locais de tratamento:

Policlínica Municipal do Cristo – Rua Olívia de Almeida Guerra, s/n – Cristo- Telefone: 3214-2623

Policlínica Municipal de Jaguaribe – Rua Alberto de Brito, s/n Jaguaribe – Telefone: 3214-4075

Policlínica Municipal de Mandacaru – Rua Mascarenhas de Morais, s/n Mandacaru – Telefone: 3214-7143

Caps AD David Capistrano – Av. José Soares – Varjão, João Pessoa – PB, 58070-080

CAPS AD Jovem Cidadão – Av. Sinésio Guimarães, 163 – Torre, João Pessoa – PB Telefone: 3218-5244.

USF do Bessa – Rua Napoleão Gomes Varela, 385 – Bessa, João Pessoa – PB Telefone: 3218-8002

Comente