Publicidade
Cotidiano

PMJP inicia nesta 2ª feira programação da campanha ‘16 Dias de Ativismo’

PMJP inicia nesta 2ª feira programação da campanha ‘16 Dias de Ativismo’
Programação será aberta no Pavilhão do Chá

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) inicia nesta segunda-feira (20) a programação da campanha ‘16 Dias de Ativismo’, que é realizada em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra e de Enfrentamento à Violência contra a Mulher – 20 de novembro. A abertura do evento acontece às 9h no Pavilhão do Chá, no Centro.

- Continua depois da publicidade -

A campanha na Capital tem a frente a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM) e as atividades acontecem até o dia 8 de dezembro. “A campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Enfrentamento à Violência contra a mulher é uma mobilização mundial. Cerca de 160 países aderiram a essa ação desde 1991. O momento é pra chamar a atenção para a dupla discriminação que as mulheres sofrem, com o intuito de debater e denunciar várias formas de violência”, afirmou Liliane de Oliveira, coordenadora de Enfrentamento à Violência contra a Mulher da SEPPM.

A programação engloba várias atividades, que serão realizadas no próprio Pavilhão do Chá e outros espaços públicos. Na segunda-feira, às 10h, o público pode participar de uma oficina de cabelos black ministrada pelo grupo Sereias da Penha Black. No mesmo dia, às 14h, ocorre a palestra “Fortalecendo o ativismo das mulheres de axé nas relações raciais, de gênero e poder”.

As atividades seguem na terça-feira (21), das 9 às 12h, no auditório do Paço Municipal, com uma roda de diálogo sobre “A Violência contra a mulher numa perspectiva das mulheres negras”. Na quinta-feira (23) haverá o Pavilhão Literário, às 17h, no Pavilhão do Chá.

Na sexta-feira (24) acontece a ação Blitz 181, com panfletagem e intervenções de denúncias em relação à lei do aborto. A atividade ocorre das 11h às 13h, também no Pavilhão do Chá.

No dia 25, o Dia Internacional da não violência contra a mulher, acontecerão dois evento. O primeiro será no Casarão 34, em frente à Praça Dom Adauto, às 17h, com uma performance intitulada “Águas Transitórias” da artista plástica Beth Moysés. A atividade terá a participação das mulheres atendidas pelo Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra (CRMEB) e das artesãs da SEPPM.

O segundo momento será na Romaria de Nossa Senhora da Penha. Sob o título “Vivendo na fé sem violência contra a mulher”, as mulheres participantes, durante a procissão, farão três intervenções para denunciar o crescimento dos índices de violência e do feminicídio na Capital e no Estado.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar