Campina Grande viveu na manhã desta quarta-feira, 31, no Parque do Povo, um momento histórico na luta contra o déficit habitacional no município. Aconteceu, às 10h, o processo de sorteio das 4.100 casas e apartamentos do Complexo Aluízio Campos. Antes do procedimento, o público recebeu informações sobre o novo núcleo habitacional, por meio de vídeo gravado pelo prefeito Romero Rodrigues, além de explanação sobre todas as etapas (da inscrição ao sorteio). Técnicos também fizeram a prévia apresentação sobre como se iria se processar o sorteio, realizado por meio de um programa especialmente desenvolvido pela UFCG para este fim.

Mais de 15 mil pessoas se inscreveram para concorrer a uma casa no conjunto, considerado o maior núcleo habitacional em construção no Brasil. O Aluízio Campos é construído através do programa ‘Minha Casa Minha Vida’ do Governo Federal, em parceria com a prefeitura de Campina Grande. A obra é  integrada por 4,1 mil unidades –  3.012 casas e 1.088 apartamentos – num empreendimento da ordem de quase R$ 300 milhões.

Conforme explicou o prefeito Romero Rodrigues, a PMCG, por meio da Secretaria de Planejamento, sempre primando pelo pioneirismo e  buscando oferecer cem por cento de transparência ao processo, efetuou o sorteio das unidades habitacionais graças a um software que utiliza algorítimos protegidos por criptografia. Isto possibililitou total segurança contra fraudes. Romero elogiou o software desenvolvido pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

“Estamos presenciando, desde o seu início, com a inscrição das pessoas interessadas, até este histórico momento, um processo totalmente transparente, desprovido, portanto, de viéis político. Devo ressaltar o papel do representante do Ministério Público Federal, Bruno Barros, além de órgãos como o Conselho Municipal de Habitação, que tem acompanhado e feito auditorias deste processo que vai culminar com a realizaçao do sonho da casa própria para mais de quatro mil familias carentes de Campina Grande”, afirmou.

O prefeito ressaltou que após o sorteio eletrônico de benefíciários do Complexo Aluízio Campos, a relação dos contemplados passará pela devida averigação e triagem do Banco do Brasil objetivando-se a verificação de problemas cadastrais e outras ocorrencias. Ele ainda assegurou que só terão direito às casas pessoas desprovidas de moradia própria, além do atendimento de outros critérios de natureza puramente técnica e social.

Por fim, Romero Rodrigues destacou que vai envidar todos os esforços para a concretização do projeto de construção de mais mil unidades habitacionais no Complexo Aluízio Campos. Também informou que a relação das pessoas contempladas estará disponibilizado,  dentro de duas horas na internet, bastando os interessados acessarem o endereço campinagrande.pb.gov.br/aluiziocampos.

Presentes ao sorteio, além do prefeito Romero Rodrigues, estavam vereadores, secretários municipais, deputados estaduais e lideranças comunitárias. Representantes do Ministério Público Federal (MPF) e do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) também acompanharam o processo.

Camara Municipal