Publicidade

Placas e cavaletes de campanha não agradam eleitores, diz candidato

Pinturas de muros, excesso de placas e cavaletes atrapalham a vida das pessoas. Essa é a conclusão que o candidato à reeleição a deputado estadual Toinho do Sopão (PEN) tem sobre essas formas legais de propaganda eleitoral nas ruas. Para ele, esse tipo de campanha não agrada aos eleitores e dificulta o tráfego de pessoas em calçadas e demais vias públicas.  “Sei que são instrumentos legais que a campanha oferece, mas, o excesso de propaganda não agrada aos eleitores e os altos números de cavaletes de campanha nas calçadas, por exemplo, impede o trânsito livre das pessoas”,disse.

O candidato afirma que orienta a sua equipe de trabalho a não adesivar material de campanha em postes, pontos de ônibus ou em quaisquer bens públicos, pois além de ser proibido por lei, ele não concorda com esse tipo de procedimento. É meta da campanha do deputado manter as cidades limpas, reduzindo os impactos da poluição visual. Recentemente, o parlamentar gravou um vídeo onde ensina aos candidatos neste pleito como fabricar material de propaganda com matéria-prima reciclável.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar