Publicidade
Política

Parlamentares veem turismo mais forte com parque integrado à população

Cartaxo se reuniu com o trade turístico da cidade e apresentou projeto do Parque Ecológico Sanhauá prevendo a exclusão da comunidade tradicional

A deputada estadual Cida Ramos (PSB), que propôs a sessão na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para debater a construção do Parque Ecológico Sanhauá e o despejo de 160 famílias do Porto do Capim, considera positivo o diálogo da gestão do prefeito Luciano Cartaxo com o trade turístico e outros segmentos empresariais. Ela deixou claro que não é a intenção dela ou de ninguém embargar o projeto do parque, mas sim integrá-lo à população tradicional do Porto do Capim. Para Cida, inclusive, seria benéfico para a imagem da prefeitura e para o fortalecimento do turismo a manutenção da comunidade.

- Continua depois da publicidade -

+ PMJP não envia representantes à audiência na ALPB sobre o Porto do Capim

“É fundamental que a deixe claro para o trade, para o povo de João Pessoa, que todos nós queremos o Parque Ecológico [Sanhauá]. A única diferença da nossa proposta, do Ministério Público e dos moradores da Vila Capim com relação à da Prefeitura é que nós queremos o parque incorporando as pessoas, o patrimônio imaterial daquele lugar. Além de fortalecer engrandecer a Capital, porque os turistas que virão reconhecerão esse trabalho da Prefeitura. Eles ficarão orgulhosos porque não teve gentrificação”, defendeu. 

O vereador de João Pessoa, Tibério Limeira (PSB), por sua vez, não crê que seja do interesse do trade turístico da Paraíba a higienização do local.

“É louvável que o trade turístico esteja preocupado com iniciativas que valorizem o Centro Histórico, acho que o Centro precisa de muito mais política públicas, investimentos e ações. Creio que eles não vão apoiar uma iniciativa que vai higienizar a área e trazer aquele conceito de gentrificação, de tirar as pessoas mais humildes de determinados centros urbanos para fortalecer apenas esse turismo de mercado, elitizado”, lembrou.

De acordo com o parlamentar-mirim, se os representantes do trade ouvirem o “outro lado”, irão compreender a importância e como o turismo pode ser fortalecido justamente a partir da valorização da comunidade tradicional que habita o local.

“Se ouvirem o contraponto, saberão da importância das raízes das pessoas, enfim, todo esse processo construído a longo tempo como um fortalecedor, como um elemento importante do turismo, que pode ser um turismo de base comunitária”

Entenda 

Após duas tentativas de audiências frustradas frustradas entre representantes da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), representantes de segmentos sociais, lideranças do Porto do Capim e legisladores da Paraíba (deputados da Assembleia Legislativa da Paraíba e vereadores da Câmara Municipal de João Pessoa), a gestão de Cartaxo vem realizando reuniões com segmentos empresariais. Nessa segunda-feira (15), ele encontrou representantes do trade turístico de João Pessoa.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar