- Publicidade -
Política

Parlamentar alerta para risco do Samu de JP perder acreditação do Ministério da Saúde

A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) denunciou da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de João Pessoa está um caos, com ambulâncias paradas, sangue e fezes nos veículos e risco de perder a acreditação no Ministério da Saúde por não alcançar a qualidade mínima no serviço prestado.

- Continua depois da publicidade -

Segundo a parlamentar socialista, atualmente o Samu administrado pela Prefeitura de João Pessoa conta com 12 ambulâncias, sendo que quatro de alta complexidade e oito básicas. “Destes veículos, só três de complexidade e quatro básicas estão atendendo a população”, destacou.

Além disso, a deputada do PSB relatou que a falta da higiene adequada dentro das ambulâncias pode causar infecção nos pacientes. “Esses veículos não passam pela manutenção devida e recebo informações que até fezes são encontradas pelos pacientes. Além disso, as ambulâncias que funcionam semanalmente vão pra oficina”, disse.

Estela também afirmou que, dos oito médicos que deveriam atender os pessoenses, apenas quatro fazem o serviço atualmente. “Antes as bases eram distribuídas pela cidade e hoje só tem a base em Água Fria, na prefeitura. Quando há um acidente no Bessa, a demora da ambulância chegar pode ser fatal para quem aguarda atendimento”, disparou.

Sobre o risco de perder a acreditação do Ministério da Saúde, a deputada socialista ressaltou que “caso isso ocorra, a prefeitura vai deixar de receber os insumos porque falta qualidade no serviço, que antes dessa gestão era modelo de referência”.

Estela também fez um apelo para que as vigilâncias sanitárias municipal e estadual fiscalizem a atual situação do Samu para que “este serviço que poderia salvar vida não continue prestando um desserviço e oferecendo risco à população”.

Ouça acima trecho do discurso da deputada Estela Bezerra.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Fechar