Parlamentar afirma que Saúde de JP está um caos e manda Fulgêncio levantar a "bunda da cadeira"
Raíssa confirma debandada da base de Cartaxo

A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) voltou a mirar sua “artilharia” na direção da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV). Em entrevista no início desta tarde do programa Agora Master, da TV Master, a parlamentar teceu duras críticas ao secretário de Saúde da Capital, Adalberto Fulgêncio.

“Adalberto Fulgêncio é um secretário incompetente, perverso. Ele maltrata sindicatos, trata mal os servidores da Saúde e chama palavrões. Pra ter ideia de que como Adalberto maltrata as pessoas, a secretária dele tem que tomar rivotril (medicamento indicado para o tratamento de distúrbios) para poder aguentá-lo”, disparou Raíssa. “Adalberto, levante a bunda da cadeira e vá trabalhar, pois a Saúde do município de João Pessoa está um caos”, acrescentou.

A parlamentar lembrou que durante sua passagem pela bancada governista, mais de uma vez, chegou a sugerir ao prefeito Luciano Cartaxo a saída de Adalberto Fulgêncio da Secretaria de Saúde. “Durante a campanha de 2016, por onde andei ouvir várias críticas à gestão de Adalberto”, pontuou.

CPI da Lagoa

Ainda na entrevista, Raíssa Lacerda revelou que até o início do mês agosto cinco vereadores da base governista estarão migrando para a bancada de oposição. Ela adiantou que com a migração, será possível instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias de irregularidades nas obras de requalificação do Parque da Lagoa.

Ela lembrou que tanto a Controladoria Geral da União (CGU) quanto a Polícia Federal (PF) já encontraram indícios suficientes de que houve desvio de recursos das obras da Lagoa.

Saiba mais

Raíssa Lacerda rompeu com o projeto político de Luciano Cartaxo dias atrás. Ela alegou que vinha sendo perseguida pelo prefeito e anunciou apoio à pré-candidatura do senador José Maranhão (MDB) ao Governo do Estado.