Parceria entre o Samu-JP e PM garante socorro aero médico à população

Resgate beneficia todos os usuários dos 64 municípios que compõem a 1° Macrorregião e atua na assistência pré-hospitalar e inter-hospitalar

Vinte e duas pessoas em situação de emergência médica foram atendidas pela equipe de socorro aero médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Regional João Pessoa e o Grupo Tático Aéreo (GTA) da Polícia Militar. A parceria, firmada em julho deste ano, tem garantido à população uma assistência diferenciada com o resgate aero médico, através do helicóptero Acauã.

O acionamento deste tipo de socorro acontece através da chamada para o número 192. É o médico regulador do serviço que, ao analisar a situação apresentada será responsável por determinar o envio do helicóptero, seguindo o fluxo criado no termo de cooperação. “Nossa regulação irá avaliar a gravidade da situação e outros detalhes e se será necessário deslocar a equipe em resgate aéreo ou terrestre com ambulâncias e/ou motolâncias”, explica o Coordenador Geral do Samu-JP, Galileu Machado.

O resgate aero médico do Samu-JP beneficia todos os usuários dos 64 municípios que compõem a 1° Macrorregião e, além de atuar na assistência pré-hospitalar também permite uma assistência inter-hospitalar a pacientes que precisem de transferências entre unidades hospitalares.

“Essa parceria é de extrema importância para a assistência que o Samu presta à população, garantindo mais uma via para resgatar quem precisa e ainda redução do tempo resposta nos resgates e nas transferências inter-hospitalares”, destaca a coordenadora da Rede de Urgência e Emergência de João Pessoa, Rafaella Marinho.

Ainda de acordo com Rafaella Marinho, a parceria também tem investido na capacitação dos profissionais.

“A parceria é de grande valia para nós que estamos sendo capacitados constantemente para esse tipo de resgate, seja em que momento o resgate aéreo será acionado ou como proceder durante a situação. Além disso, é de extrema importância para a população, pois conseguimos chegar com qualificação e agilidade no momento crítico de um paciente, seja ele paciente de trauma ou clínico, podendo aumentar a chance de vida ou sobrevida”, destaca Lídia Holanda, enfermeira do Samu, pós-graduada em enfermagem aero médica e integrante da equipe tripulante do helicóptero Acauã.

O termo de cooperação assinado pelo Samu-JP e Polícia Militar é válido até Julho de 2022.

Samu Regional João Pessoa – O serviço é estruturado por cinco Unidades de Suporte Avançado de Vida (USA) e oito Unidades de Suporte Básico de Vida (UBS). Para as cidades da região metropolitana – Cabedelo, Conde, Bayeux e Santa Rita – o serviço conta com uma unidade para cada, totalizando 15 Unidades de Atendimento Móvel de Urgência.

A população conta, também, com oito motolâncias de suporte para os primeiros atendimentos e a Central de Regulação de Urgência (CRU), que realiza a regulação médica dos pacientes. O quantitativo total de veículos é o recomendado pelo Ministério da Saúde, de acordo com a população local.