Paraibano segue passos de Hulk e assina com time da Rússia em transferência de R$ 60 milhões

Douglas Santos assinou contrato com o atual campeão russo, o Zenit, até 2024. O lateral-esquerdo – vendido pelo Hamburgo, da Alemanha, por R$ 60 milhões – traçou alguns objetivos com a nova camisa e também revelou que pediu dicas ao atacante Hulk, que atuou pelo clube de 2012 a 2016. A incorporação ao grupo está prevista para esta sexta-feira. O GloboEsporte.com já havia antecipado a negociação.

“É uma ótima oportunidade de fazer grandes jogos pelo Zenit. Estou muito feliz e focado para ajudar a equipe a continuar vencendo e conquistando títulos. Agradeço muito a Deus e a todos que fizeram eu chegar aqui: família, amigos e meu staff. Com fé e trabalho vamos alcançar nossos objetivos”, afirmou Douglas Santos.

A primeira meta está em conquistar títulos com o Zenit e também ir longe na Liga dos Campeões. Atuar no principal torneio de clubes do mundo é também um sonho para Douglas Santos.

“A Liga dos Campeões não é o único fator, pois o Campeonato Russo é uma liga de alta qualidade, com bons jogadores, mas, quando o Zenit veio para mim, eu pensei imediatamente: “Este é um clube que joga a Liga dos Campeões”. Percebi que era uma grande chance de eu fazer parte disso. Eu quero dar tudo de mim para ajudar o Zenit”, comemorou.

O paraibano projeta com esta nova visibilidade na carreira voltar à seleção brasileira. Em 2016, ele conquistou a medalha de ouro inedita para o futebol na Olimpíada do Rio e, com o time principal, foi chamado para um amistoso contra a Bolívia em 2013.

“Sempre foi meu objetivo voltar à Seleção. Aqui no Zenit estarei buscando títulos e vou ter a oportunidade de fazer grandes jogos na Liga dos Campeões. Antes de tudo preciso fazer bem meu trabalho para continuar pensando em voltar para Seleção”, projetou.

Por coincidência, outro conterrâneo de Douglas Santos passou pelo Zenit: o atacante Hulk, que foi vendido em 2016 para o Shanghai SIPG, da China, na transação mais cara da história da Rússia. Ele pediu dicas ao amigo antes de fechar o negócio.

“Hulk é meu amigo e eu o conheço há muito tempo. A primeira coisa que pensei foi perguntar a ele (sobre o Zenit) como ele viveu e jogou em São Petersburgo por um longo tempo. Naturalmente, falei com ele e ele me convenceu de que esta seria a decisão certa e que tudo seria ótimo”, comentou.

Esta não foi a primeira tentativa do Zenit para ter Douglas Santos. Na janela de transferências do ano passado, o clube também manifestou interesse na contratação do atleta, mas naquela época o Hamburgo não cedeu à investida.

O lateral chegou a ser eleito o melhor jogador da equipe na Bundesliga 2 na última temporada. Douglas Santos vestiu a camisa do Hamburgo durante três temporadas, onde fez 88 jogos e marcou três gols. A equipe não conseguiu o acesso para a elite do futebol alemão e após o fim do campeonato, ele manifestou o desejo de encerrar sua passagem pelo clube.

Revelado pelo Náutico, o último clube dele no Brasil foi o Atlético-MG, de onde saiu para o Hamburgo depois da Rio 2016. As duas equipes brasileiras, inclusive, vão receber uma porcentagem no mecanismo de solidariedade da Fifa (1,3%), e o Galo ainda era detentor de 15% dos direitos econômicos do jogador. Os mineiros devem colocar na conta algo em torno de R$ 10 milhões. Com informações do GloboEsporte.

Comente