Paraíba inicia a realização 20 mil testes rápidos para o coronavírus; veja locais

Começaram a ser feitos neste domingo (26) os testes rápidos para o novo coronavírus (Covid-19) na Paraíba. Em João Pessoa, a ação é feita em parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e a Secretaria Municipal de Saúde da capital (SMS) no domicílio dos pacientes e as pessoas que estão sendo testadas são as que já foram notificadas com Síndrome Gripal pela central de atendimento da capital entre 17 de março e 17 de abril.

A SES fez uma compra de 310 mil testes rápidos para todo o estado. O primeiro lote dos testes, com 20 mil unidades, chegou na quarta-feira (22) e começou a ser distribuído na sexta-feira (24). Para João Pessoa, foram repassados 3 mil testes e, em contrapartida, o município disponibilizou a equipe de testagem.

As 20 mil unidades foram distribuídas entre 36 municípios, com prioridade para a Região Metropolitana de João Pessoa que é a que detém mais de 80% dos casos de Covid-19 no estado. A estratégia de testagem em domicílio na capital foi feita para evitar aglomerações.

O objetivo dos testes rápidos é mensurar o número de indivíduos com Síndrome Gripal infectados pelo novo coronavírus e saber como se comporta a doença na capital, área mais afetada.

O teste rápido é um modelo de triagem, não um teste confirmatório. Ele pode indicar se a pessoa está infectada ou recuperada da infecção. Trata-se de uma ferramenta que funciona como auxílio no diagnóstico de infecções primárias e secundárias pelo novo coronavírus.

Segundo o secretário executivo de Gestão de Redes de Saúde, Daniel Beltrammi, existem limitações neste teste, pois as pessoas que estão com suspeita de Covid-19 devem esperar um período para que o sistema imunológico produza anticorpos em quantidade suficiente para ser detectado pelo teste.

“Se o teste rápido apresentar resultado positivo, o ideal é confirmar com o exame PCR”, explica Beltrammi.

Com essa triagem, os municípios e o estado esperam obter dados que possam auxiliar na tomada de decisão de estratégias para o enfrentamento da pandemia. A testagem vai ser feita por 30 equipes de saúde até a quinta-feira (30).

Veja onde serão realizados os primeiros testes

  • João Pessoa: em domicílio
  • Campina Grande: UPAs de referência
  • 2ª Gerência Regional de Saúde (GRS): UPA de Guarabira;
  • 3ª GRS: Hospital Municipal de Esperança, no Centro de Testagem de Esperança e no Hospital Municipal de Areia;
  • 4ª GRS: Centro de Testagem de Cuité, Centro Testagem de Picuí e Hospital Regional de Picuí.
  • 5ª GRS: hospital de Sumé, Hospital de Serra Branca, UPA de Monteiro;
  • 6ª GRS: Hospital Regional de Patos ou UPA de Patos e Hospital Sinhá Carneiro, em Santa Luzia;
  • 7ª GRS: Piancó, Conceição, Hospital Regional de Itaporanga;
  • 8ª GRS: Hospital Regional de Catolé, Hospital Municipal de São Bento, Hospital Municipal de Brejo do Cruz;
  • 9ª GRS: UPA de Cajazeiras, Posto de Testagem Uiraúna, Hospital Municipal de São José de Piranhas;
  • 11ª GRS: Hospital de Princesa Isabel, Hospital Municipal de Princesa Isabel, Hospital Municipal de Água Branca e Hospital Municipal de Juru;
  • 12ª GRS: UPA de Ingá, Hospital Municipal de Pedras de Fogo, Posto de Testagem de Itabaiana
  • 13ª GRS: Pombal Hospital Regional de Pombal, UPA de Pombal, Hospital Municipal de Paulista;
  • 14ª GRS: Posto de Testagem de Mamanguape, Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Regional;
  • 15ª GRS: Hospital Regional de Queimadas, Hospital Municipal de Aroeiras, Hospital Municipal de Boqueirão;
  • 16ª GRS: Hospital Geral de Taperoá e Hospital Municipal de Soledade.

Comente