Paraíba confirma dois casos da Síndrome Pediátrica associada à Covid-19, diz SES

Documento da Secretaria de Saúde alerta que crianças e adolescentes infectadas pelo coronavírus têm chance de  desenvolver uma doença rara, que pode ser fatal

A Secretaria de Saúde do Estado (SES) divulgou, nesta segunda-feira (31), que a Paraíba confirmou dois casos da Síndrome Pediátrica associada à Covid-19. De acordo com a SES, cinco casos estão em investigação, entre eles dois óbitos. Até o momento, dois casos foram descartados.

Conforme a SES, o primeiro caso trata-se de uma criança de seis anos, residente em João Pessoa e foi atendida no Hospital Arlinda Marques. O menino recebeu alta no dia 02 de julho.

O segundo caso confirmado também é de um menino de sete anos, residente de Sapé e o atendido foi realizado no Hospital Arlinda Marques, em João Pessoa. A criança recebeu alta no dia 21 de julho.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou uma Nota Técnica no último dia 10 de agosto para alertar os profissionais e secretarias municipais de saúde sobre casos e a necessidade de notificação imediata e obrigatória da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P).

O documento alerta que crianças e adolescentes infectadas pela Covid-19 têm chance de  desenvolver uma doença rara, que pode ser fatal.

Sintomas

Entre os sintomas mais comuns da síndrome estão febre elevada e persistente, acompanhada de pressão baixa, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, dor abdominal, náuseas, vômitos e comprometimento respiratório, associado a marcadores de inflamação elevados e evidência de Covid-19.

Comente