A edição do Diário Oficial Eletrônico do Município de Santa Rita, desta segunda-feira (28), deixou os servidores efetivos da Prefeitura nada satisfeitos. Isso porque o prefeito Emerson Panta (PSDB) resolveu suspender, a partir de 1 de setembro deste ano, a concessão de gratificação, assim como decretou a revisão das que já estão cedidas; não pagamento de terço de férias e de qualquer tipo de reajuste salarial em qualquer categoria.

Panta ainda decretou a suspensão  das autorizações para servidores participarem de cursos, seminários, feiras e congressos que resultem em ônus para a Prefeitura de Santa Rita. Suspendeu também a concessão de novas licenças para servidores que queiram se qualificar.

O decreto ainda irá revisar todas as concessões de adicionais periculosidade, insalubridade e noturnos. Serão suspensos àqueles que a gestão julgar irregulares.

Também estará vetado a liberação de servidores para outros órgãos, assim como para quaisquer outro tipo de licença com vencimentos.

A medida afeta, por conseguinte, o pagemento de diárias. Só serão liberadas mediante autorização do prefeito.

 

O Semanário da Prefeitura de Santa Rita trouxe no dia 17 de agosto, a exoneração do secretário de Administração do município, Luciano Alvino, primo do prefeito Emerson Panta (PSDB).

A exoneração foi a pedido do próprio secretário. Alvino foi o responsável por implementar o calendário de pagamento dos servidores municipais no primeiro dia da gestão. As informações são do Paraíba em Minuto.

Em Santa Rita, secretário de Administração entrega o cargo a Panta

Comente