Início Site Página 6847

Mortes em rodovias federais no feriado do Ano-Novo cairam

0

Balanço divulgado hoje (2) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa que, entre os dias 27 de dezembro, primeiro sábado após o Natal, e a quinta-feira (1º), feriado prolongado de Ano-Novo, houve 127 mortes, 1.592 pessoas ficaram feridas em 2.135 acidentes nas rodovias federais. Apesar de altos, os números apresentados pela PRF demonstram uma diminuição em alguns dos índices relativos a acidentes nas rodovias do país.

O relatório da PRF aponta redução de 47% no índice de acidentes considerados graves (aqueles que resultam em, ao menos, um ferido grave ou um óbito), o que levou a uma redução de 26% na taxa de mortalidade e de 25% na taxa de feridos na comparação com o Réveillon 2013/2014.

Os números também são menores que os registrados no Natal, quando 183 pessoas morreram (30% mais que no Ano-Novo), 2.224 ficaram feridas (aumento de 34,47%) e foram registrados 3.258 acidentes (número 34,47% maior que no Ano-Novo).

De acordo com a PRF, isso ocorre porque o movimento nas estradas no Natal é concentrado e uniforme, com fluxo intenso de veículos em todas as BRs, ao contrário do que ocorre na época das festas de Réveillon, quando o volume de tráfego é direcionado para as regiões litorâneas.

Segundo a PRF, 822 pessoas foram flagradas dirigindo após consumir bebida alcoólica e a cada 53 testes um condutor foi autuado ou preso e 135.649 pessoas fiscalizadas no período nas rodovias federais.

Polêmica: Romero admite ‘privatizar’ o serviço de esgoto de Campina Grande

0

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), revelou que está estudando a possibilidade de estabelecer uma Parceria Público-Privada (PPP) para gerir os serviços de esgotamento sanitário na cidade. A revelação foi feita em entrevista ao Jornal da Paraíba.

“Estou pensando em fazer uma PPP (Parceria Público-privada) para administrar o esgoto de Campina, modelo exitoso que está sendo feito em todo o Brasil. Estou refletindo porque é um serviço que pertence a nós e acho que tem que haver uma relação de diálogo, que não conseguimos ter com a Cagepa”, argumentou o prefeito.

“A solução é debater com a Câmara e com a sociedade qual o melhor modelo para a cidade, essa é uma pauta que quero e estou disposto a discutir… Acho que estamos bastante tencionados a discutir a PPP”, acrescentou Romero Rodrigues.

A proposta do prefeito de Campina Grande é a mesma defendida pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) durante as eleições para o Governo do Estado em 2014. À época, a ideia do então candidato tucano gerou muita polêmica.

Novo presidente da FPF anuncia adiamento do início do Campeonato Paraibano

0

O Campeonato Paraibano de 2015, como já era especulado, foi mesmo adiado. Mas não para fevereiro, como alguns clubes chegaram a cravar. Mas apenas para o dia 17 de janeiro, iniciando assim uma semana depois do que foi inicialmente previsto. A definição aconteceu na tarde desta sexta-feira, na sede da Federação Paraibana de Futebol, numa reunião com o novo presidente da entidade, Amadeu Rodrigues (na verdade, a reunião aconteceu uma hora antes de sua posse oficial), e representantes dos dez clubes da 1ª divisão.

Apesar do adiamento, ainda ficou em aberto o debate sobre a participação de Botafogo-PB, Campinense e Treze no mês de janeiro. O artigo 101 do Regulamento Geral de Competições da CBF de 2015 não permite que clubes que participem de campeonatos organizados pela entidade máxima do futebol brasileiro joguem jogos oficiais no período de férias e pré-temporada, que segundo a entidade é no mês de janeiro.

A princípio, foi dito que este problema foi superado porque vários outros estados do Nordeste vão iniciar seus campeonatos no mês de janeiro, mas Amadeu Rodrigues preferiu levar o caso à CBF. Ele vai se encontrar com Marco Polo Del Nero (futuro presidente da CBF) na próxima segunda-feira, e na oportunidade vai fazer uma consulta formal. Se ele receber o aval da entidade, a competição começa normalmente. Se, contudo, a CBF proibir que os jogos de Galo, Belo e Raposa aconteçam neste primeiro mês do ano, os jogos dos três clubes seriam adiados.

De toda forma, o adiamento do dia 10 para o dia 17, ao menos oficialmente, não foi motivado por causa de nenhum problema com a CBF, mas devido ao recesso em curso no Departamento de Registros da entidade nacional.

– Muitos clubes ainda têm jogadores para registrar, mas o departamento só reabre no dia 15 de janeiro. Se a data da competição fosse mantida, portanto, muitos times poderiam ter problemas com seus elencos. Por isto a mudança – frisou Amadeu, acrescentando que entre estes clubes com muitos jogadores ainda precisando de registro está o Campinense.

A ordem dos jogos do Paraibano, segundo a reunião desta sexta-feira, segue a mesma de antes. A única mudança é no adiamento das rodadas em uma semana.

Assim, o jogo entre Botafogo-PB e Serrano, que aconteceria no dia 10 de janeiro, passou para o dia 17 de janeiro. Já os jogos programados para o dia 11 (Campinense x CSP, Santa Cruz-PB x Treze, Lucena x Atlético-PB e Sousa x Auto Esporte) passam para o dia 18. O adiamento dos jogos em sete dias se repete em todo o resto da competição. A única mudança que ainda pode acontecer é se Treze, Campinense e Botafogo-PB só puderem entrar em campo a partir de fevereiro, mas isto só será definido na segunda-feira.

Globoesporte

 

 

Reforma do ensino médio será desafio para Cid Gomes na Educação

0

A reforma do ensino médio foi apontada pelo ministro da Educação, Cid Gomes, como um dos desafios a ser enfrentado na sua gestão à frente da pasta. Na cerimônia de transmissão de cargo, o ministro se dirigiu aos professores e afirmou que eles terão seu trabalho reconhecido e valorizado. Gomes disse ainda que vai trabalhar para atingir as metas do Plano Nacional de Educação. O ex-governador do Ceará assumiu hoje (2) a pasta que era comandada por Henrique Paim.

“No ensino médio temos um desafio especial, que é, além de ampliar o acesso, reformar o seu currículo, compreendendo as características regionais de cada estado e município brasileiro. Para que tenhamos êxito será necessário todo o apoio de professores e universidades”, disse.

Ao se dirigir aos professores, Cid Gomes disse que estará aberto ao diálogo com a classe. “Gostaria de me dirigir a todos os professores brasileiros. Sou filho e irmão de professores. Minha experiência como prefeito e governador me ensinou ainda mais sobre a necessidade do corpo docente. Pretendo me reunir com seus representantes, vamos valorizar e reconhecer seu trabalho. Meu gabinete estará sempre aberto para receber conselhos, críticas e ajuda”, disse. Em entrevista a jornalistas, depois da cerimônia, ele acrescentou que pretende discutir formas de avaliação para os professores.

O novo ministro da Educação, Cid Gomes, recebe o cargo de seu antecessor, Henrique Paim, em solenidade no ministério (Elza Fiúza/Agência Brasil)
O novo ministro recebe o cargo de seu antecessor, Henrique PaimElza Fiúza/Agência Brasil
O novo ministro citou que tem por metas ampliar as vagas de ensino em tempo integral e o atendimento a crianças até 3 anos de idade nas creches, além de universalizar o acesso das crianças de até 5 anos à pré-escola. Melhorar a qualidade do ensino fundamental e continuar a expansão do ensino superior também foram citados por Gomes.

Cid Gomes iniciou o discurso fazendo referência ao novo lema de governo, apresentado ontem (1°) pela presidenta Dilma Rousseff, que é “Brasil: pátria educadora”. “A educação será a prioridade das prioridades como nos disse a presidenta Dilma”, observou.

O ex-ministro Paim disse que ao deixar o cargo encerra também um ciclo de 11 anos no Ministério da Educação (MEC), e fez um balanço de sua gestão e dos avanços dos últimos anos na área. Paim destacou como principal conquista a implantação da política de cotas. “A lei de cotas, considero a política mais importante que este governo fez. Conseguimos inverter a lógica de que só estudantes de escolas privadas conseguiam acessar as universidades públicas neste país”, disse.

Paim ainda citou a consolidação de avaliações feitas pelo MEC, o estabelecimento de um padrão sólido de relação com estados e municípios e políticas de formação dos professores.

Cid Gomes terá um início de gestão movimentado. Na primeira semana de janeiro deve divulgar o reajuste do piso nacional dos professores. O reajuste é determinado por lei e o cálculo do percentual é feito por técnicos do ministério. Na segunda semana de janeiro será divulgado o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e, em seguida, abertas as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Da Agência Brasil

Secretariado das prefeituras de Sousa e Cajazeiras terão mudanças em 2015

0

A Prefeita da cidade de Cajazeiras, Denise Albuquerque (PSB), anunciou nesta quarta-feira (31), mudanças no secretariado municipal. A primeira reforma administrativa foi a nomeação da nova secretária de Desenvolvimento Social, Betânia Feitosa, esposa do empresário e ex-candidato a Prefeito de Cajazeiras, Mario Messias Filho (PSDB).

A vereadora e ex-secretária de Desenvolvimento Social, Léa Silva (DEM) deixou a função na Prefeitura para assumir a Chefia da Casa Civil no Governo da Paraíba. Já na próxima semana, Denise deverá realizar novas mudanças no Governo municipal.

Na cidade de Sousa, também foram realizadas mudanças no secretariado. O gestor André Gadelha (PMDB), decidiu nomear o vereador Lafayette Gadelha (PT), para o cargo de Chefe de Gabinete que era ocupado por Renan Gadelha que será remanejado para outra pasta.

O critério para o ajuste, segundo o gestor, foi técnico, visando tornar a máquina pública mais eficiente. André Gadelha deve anunciar novas mudanças no secretariado nos próximos dias. Com a mudança, o suplente Augusto Vieira (PMDB) retornará a Câmara de Vereadores.

“Não deixei a bancada governista, apenas estava de férias”, diz João Gonçalves

0

O deputado estadual João Gonçalves (PSD) disse, em entrevista ao Paraíba Já, que nunca deixou de fazer parte da bancada aliada do governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB), mas que apenas ‘tirou férias’ da bancada.

“Durante a campanha, permaneci na Assembleia Legislativa, mas tive de permanecer neutro, porque o presidente de meu partido, Rômulo Gouveia, não permitiu que eu acompanhasse a bancada governista a o governador Ricardo”, justificou João.

Com o fim da campanha eleitoral, o deputado reeleito disse que foi convidado para voltar a integrar a base de apoio de Ricardo na ALPB, e que acertou seu ingresso na bancada governista junto ao seu partido. “Está tudo certo, volto para a bancada, ao lado do governador Ricardo Coutinho e do nosso futuro presidente da casa, Adriano Galdino”, disse.

Roberto do Valle e Cristina Munhoz abrem Sabadinho Bom de 2015

0

O Sabadinho Bom chega ao seu quinto aniversário com veteranos de edições do projeto neste dia 3. O multi-instrumentista Roberto do Valle mais uma vez retorna à Praça Rio Branco para tocar choros célebres abrindo para a sambista Cristina Munhoz, que faz a sua segunda apresentação-solo, depois de colecionar participações. O evento, que acontece das 11h30 às 16h, é uma promoção da Prefeitura de João Pessoa, por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

Natural do Recife, do Valle tocará clássicos do choro, bossa nova e MPB. “Farei uma homenagem ao nosso Sivuca em especial”, anuncia ele, que sacará do mestre “Um Tom para Jobim”. No repertório também constam “Murmurando” (Fon Fon), “Bebê” (Hermeto Pascoal), “Lamento” (Pixinguinha),“Saxofone, Por Que Choras?” (Abel Ferreira, o “Ratinho”), “Lamentos” e “Naquele Tempo” (Pixinguinha), “Assanhado” e “Reminiscência” (Jacob do Bandolim), “Pedacinho do Céu” (Waldir Azevedo) e “Flor Amorosa” (Joaquim Antonio da Silva Callado/Catulo da Paixão Cearense).

Com 35 anos de carreira, Roberto do Valle toca piano, violino, violoncelo, violão clássico e bandolim. Participou de numerosos festivais, concertos e oficinas pelo Brasil e chegou a tocar ao lado de Sivuca, Canhoto da Paraíba e do maestro Spok. Gravou oito álbuns com participações. Agora, prepara-se para gravar o primeiro álbum solo, ao estilo jazz big band.

Nesta apresentação, do Valle tocará bandolim ao lado de Maropo, que também se revezará na flauta. Júnior (no violão e cavaco) e Edvaldo (no pandeiro) completam a banda.

Eleição para presidente da Câmara de Vereadores de Piancó termina na delegacia

1

A eleição para presidente da câmara de vereadores da cidade de Piancó, no sertão do Estado, foi bastante tumultuada, marcada por confusão, troca de farpas e discussões entre os parlamentares. A sessão foi realizada na noite desta quinta-feira (01), e teve início por volta das 19h. As galerias estavam ocupadas pela população e por partidários dos blocos da situação e oposição. Dois nomes concorriam à presidência, O vereador Pedro Aureliano (PMDB), registrou seu nome pela situação e Guilherme Montenegro (PRTB) pelo bloco de oposição.

Segundo informações da própria população local, a confusão começou no momento da contagem dos votos. O atual presidente José Braúlio Junior que conduzia os trabalhos, declarou nulo, dois votos. Foi o bastante para novamente iniciar uma troca de insultos entre os vereadores de situação e oposição no plenário da câmara. A polícia invadiu a sessão e a confusão foi parar na delegacia de polícia civil de Piancó.

Guilherme Montenegro foi declarado eleito presidente da câmara de vereadores de Piancó, porém a oposição contesta o resultado e vai acionar a Justiça para tentar rever a decisão.

Semob inicia vistoria de transporte de escolar na segunda

0

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) inicia na próxima segunda-feira (5) a vistoria nos veículos que prestam o serviço de transporte escolar na Capital. Os veículos cadastrados, no total de 430, devem ser avaliados a cada seis meses, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em seu art.136 inciso II, dando mais segurança aos estudantes e tranquilidade aos pais.

Neste primeiro semestre de 2015, a inspeção terá início a partir da segunda-feira (05) e vai até o dia 30 de Janeiro, das 8h às 17h na sede do órgão (km 25 da BR-230, no bairro do Cristo Redentor), obedecendo a um cronograma de quatro semanas por ordem de registro do veículo (quadro abaixo). A Divisão de Transportes (DTRA) está prevendo um atendimento diário de 20 veículos. Em João Pessoa, pelo menos seis mil crianças e adolescentes são transportados por dia em veículos escolares.

Itens – Durante a inspeção, são observados itens de segurança, equipamentos obrigatórios, bem como higiene e conforto, sendo exemplos: faroletes e sinaleiras, bancos, forros, funilaria e pintura, tacógrafo, extintor, pneus, cintos de segurança, trava das portas, buzina, pára-brisas, etc, checando um total de 40 itens do veículo. Também é verificado se as faixas laterais e traseiras estão de acordo com as normas que regulamentam o serviço de transporte de escolares.

Governo vai propor novas regra para cálculo do salário mínimo

0

O novo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, informou hoje (2) que o governo vai propor ao Congresso Nacional nova regra para cálculo do salário mínimo, no período de 2016 a 2019. Mesmo com eventual alteração, Barbosa garantiu que “continuará a haver aumento real do salário mínimo”. Segundo ele, a proposta será encaminhada ao Congresso “no momento oportuno”. Para este ano, vale a regra atual, e o salário mínimo foi reajustado para R$ 788.

Além disso, Barbosa defendeu as medidas do governo federal de alterar nas regras sobre pensão, auxílio-doença e seguro-desemprego. As mudanças ainda precisam ser aprovadas pelo Congresso Nacional. O novo ministro do Planejamento disse que o governo explicará e defenderá as propostas no Legislativo.

“São medidas que corrigem alguns excessos para que os programas continuem, e para viabilizar, por exemplo, a continuação da elevação real do salário mínimo”, disse, em entrevista após receber o cargo de sua antecessora, Miriam Belchior.

Ele falou ainda sobre a necessidade de conciliar as negociações de salários com servidores públicos, previstas para este ano, e a redução de gastos. “Vamos tratar desse assunto no momento certo. Está na agenda do ministério. O acordo atual [com os servidores] vale até este ano. Vamos discutir com o sindicato, com os servidores, qual será a política dos próximos anos”, afirmou.

Barbosa disse também que o Planejamento colaborará com o objetivo de redução da inflação. Segundo ele, a melhor forma de atrair os investimentos necessários à retomada do crescimento é recuperar a confiança do setor produtivo, com elevação do resultado fiscal e redução da inflação.

Da Agência Brasil

- Publicidade -

Últimas

- Publicidade -