Orquestra Sinfônica Jovem faz apresentação no Espaço Cultural nesta quinta

    É só o início da temporada oficial da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) na Sala Maestro José Siqueira, mas já tem obras inéditas no repertório do grupo regido por Luiz Carlos Durier: no concerto de hoje em João Pessoa, os músicos interpretam La Princesse Jaune (1872),de Charles-Camille Saint-Saëns 1835-1921), e Divertimento para Flauta e Orquestra (1920), de Feruccio Busoni (1866-1924). A apresentação é às 20h e a entrada é gratuita.

    Completam o programa as peças sinfônicas Andante e Rondó Húngaro, de Carl Maria von Weber (1786-1826); a Marcha Eslava (1876), de Tchaikovsky (1840-1893), e Tuscaloosa Tango (2009), de Daniel Léo Simpson.

    Publicidade
    ALPB

    A composição que encerra a noite teve sua estreia no ano passado pelos instrumentos da própria OSJPB. Os solistas são o fagotista Aderaldo Campos e a flautista Wanessa Rodrigues. Campos se apropria da versão de La Princesse Jaune para fagote transcrita por G. F. Brandt. Originalmente, a ópera cômica de um ato foi composta para violão e orquestra. Já Wandessa Rodrigues executa o Divertimento para Flauta e Orquestra, feita por Busoni em homenagem ao flautista Philippe Gaubert (1879-1941).

    Trata-se do quarto concerto oficial da OSJPB, o segundo na Sala Maestro José Siqueira, inaugurada no mês passado. Ela divide o espaço com a formação adulta da Orquestra Sinfônica da Paraíba, que se apresentou semana passada.

    Colaboração Jornal da Paraíba

    Comente

    Camara Municipal

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    E-mail: [email protected]