- Publicidade -
Política

Organização do Avante e meta de prefeitos: Genival explica licença da ALPB

Deputado, que é presidente do Avante, diz que objetivo é organizar o partido com foco em 2020

O deputado estadual Genival Matias (Avante) vai tirar licença para abrir espaço ao suplente Anísio Maia (PT) – que já toma posse nesta quarta-feira (24). Ele explicou, nesta terça-feira (23) os motivos que o levaram a pedir afastamento temporário da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). O foco são as eleições 2020.

- Continua depois da publicidade -

De acordo com Genival, o objetivo é organizar o Avante, partido do qual é presidente, a nível estadual.

“Vamos organizar o partido a nível estadual, porque temos o projeto de eleger em torno de 30 prefeitos no estado. Vamos fortalecer ainda mais esse projeto. O partido tem quatro deputados, um em cada região, então é natural que o Avante venha forte para 2020”, afirmou o deputado.

Ainda conforme ele, outra meta é reestruturar o partido. “Vou me dedicar ao partido e ao mesmo tempo abrir espaço para Anísio”, disse.

O deputado ainda confirmou que houve a presença do governador João Azevêdo (PSB) na articulação para levar o petista à Casa de Epitácio Pessoa.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar