- Publicidade -
Cotidiano

Operação Gabarito: envolvidos serão demitidos e terão de devolver salários

O delegado Lucas Sá, responsável pela investigação da Operação Gabarito que já prendeu 15 pessoas no Estado, revelou nesta segunda-feira (15) que os concursos em que a quadrilha atuou serão investigados e as pessoas beneficiadas pelas fraudes serão demitidas.

- Continua depois da publicidade -

Além disso, o delegado informou ainda que o estado vai pedir ressarcimento dos salários recebidos pelos envolvidos com a organização criminosa.

A quadrilha presa na Operação Gabarito agia há 12 anos e fraudou até o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Muitos dos beneficiados são amigos e parentes dos envolvidos, que pagavam até R$ 80 mil para serem aprovados nos concursos.

Ao todo, a quadrilha é investigada de fraudar 60 concursos públicos. Cada beneficiado no esquema pagava à organização assim que começava a receber o salário.

A Polícia Civil da Paraíba investiga os concursos realizados no âmbito estadual. Por cada concurso fraudado, cada envolvido pode pegar até quatro anos de prisão.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar