Operação desarticula associação criminosa que revendia produtos roubados na PB

Para a ação, foram mobilizados 50 agentes públicos, dentre policiais civis, auditores fiscais estaduais, promotores de Justiça e outros servidores públicos

O Núcleo de Combate à Sonegação Fiscal do Estado da Paraíba deflagrou, no início da manhã desta quinta-feira (28), a Operação Fardo Pesado. No total, seis mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Regional Criminal de Mangabeira, estão sendo cumpridos nos municípios de Sapé, Serra Branca e João Pessoa.

De acordo com a investigação, a força-tarefa tem por objetivo desarticular uma associação criminosa, que, no exercício de atividade comercial, adquire mercadorias provenientes de crime, com a finalidade de viabilizar a sua circulação sem o recolhimento do ICMS devido ao Estado.

Para a ação, foram mobilizados 50 agentes públicos, dentre policiais civis, auditores fiscais estaduais, promotores de Justiça e outros servidores públicos.

O Núcleo de Combate à Sonegação é composto pela Secretaria de Estado da Fazenda, por meio da Gerência de Combate à Fraude Fiscal; pelo Ministério Público da Paraíba, por meio da Promotoria de Justiça de Crimes Contra a Ordem Tributária, e pela Secretaria de Segurança e Defesa Social, por meio da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária.