Operação da PF investiga tráfico de drogas comandado de dentro de presídio em CG

Investigação apura a prática de crimes cometidos por apadrinhados de facções criminosas no município de Campina Grande e região

A Força-Tarefa de combate ao crime organizado do Sistema Único de Segurança Pública da Paraíba (FT-Susp/PB) deflagrou, nesta terça-feira (14), a 3ª fase da Operação Patrinus. O objetivo da investigação é apurar a prática do tráfico de drogas por apadrinhados de facções criminosas no município de Campina Grande e região, com o intuito de obter recursos para financiar a organização e lavá-los para uso pessoal.

Para cumprir os objetivos da operação, foram expedidos dois mandados de busca e apreensão no presídio Serrotão, pela Vara de Entorpecentes de Campina Grande/PB. Os crimes investigados são tráfico de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro, podendo haver outros desdobramentos à medida que a investigação avança.

A FT-Susp/PB é composta por policiais federais, policiais rodoviários federais, agentes do DEPEN, policiais civis, policiais militares e policiais penais do estado da Paraíba.