Operação da PC e MPPB combate fraudes e desvios de recursos na Prefeitura de Alhandra

Uma força tarefa da Polícia Civil do Estado da Paraíba e do Ministério Público, por meio da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) e Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou nas primeiras horas desta quinta-feira (10), a Operação Fuel Fraud, na cidade de Alhandra.

Foram cumpridas 4  ordens judiciais de busca e apreensão com o objetivo de combater o desvio de recursos públicos, fraudes em procedimentos licitatórios, entre outros crimes cometidos por grupo criminoso instalado no âmbito da Prefeitura Municipal de Alhandra, no período compreendido entre os anos de 2021 a 2023

Entenda o caso

Foram instaurados três Inquéritos Policiais para apurar irregularidades nas manutenções e nos abastecimentos dos veículos oficiais da Prefeitura de Alhandra.

De acordo com a Polícia, durante as investigações foram detectados pagamentos referente a manutenção de veículos que não foram realizadas, veículos estes que são verdadeiras sucatas, sem uso pela prefeitura.

Detectou-se também registros de abastecimentos de combustíveis para veículos que foram leiloados, ou seja, a prefeitura vendeu os referidos veículos e continuou a registrar abastecimentos para os mesmos.

A operação conta com a participação de 22 (vinte e dois) integrantes do GAECO/PB e 21 (vinte e um) Policiais Civis, totalizando 43 (quarenta e três) Servidores da Segurança Pública envolvidos no cumprimento dos referidos mandados judiciais.
.