Operação da Energisa contra ‘gatos’ de energia prende oito pessoas em Piancó

A Energisa realizou, nesta terça-feira (17), mais uma ação de varredura e combate ao furto de energia, conhecidos como ‘gatos’, no município de Piancó. A operação, que contou com apoio da Polícia Civil e do Instituto de Polícia Científica (IPC), levou oito pessoas à prisão. Ao todo foram constatadas 28 irregularidades.

A quantidade de energia furtada no município representou uma perda de 84 mil kWh, número que seria suficiente para abastecer 568 unidades consumidoras por um mês. Além disso, os ‘gatos’ flagrados correspondem a uma perda de quase R$ 58 mil, prejuízo que atinge a distribuidora de energia, o Governo que deixa de arrecadar ICMS e o cliente já que parte do valor é acrescido nas contas de todos.

A Energisa alerta que os ‘gatos’ também impactam na qualidade do fornecimento de energia e oferecem riscos à segurança. De acordo com o Código Penal, Art. 155, furto de energia é crime, e o responsável pode ser condenado a até oito anos de cadeia.

Denúncias anônimas podem ser feitas pelo call center 0800 083 0196. A ação continua na região e a Energisa tem equipes trabalhando ao longo de todo o ano no combate ao furto.