Operação Calvário: juíza decide soltar ex-secretária Livânia Farias

A juíza Andréa Gonçalves Lopes Lins, da 5ª Vara Criminal de João Pessoa, concedeu alvará de soltura à ex-secretária de Administração da Paraíba, Livânia Farias.

Em sua peça, a magistrada destaca que as “investigações imprescindíveis” já foram encerradas e Livânia não ofereceu resistência, reconheceu “as imputações apuradas neste processo” e apresentou o acervo de bens, afastando a hipótese de “novas ocultações”.

Foram imputadas à ex-secretárias várias medidas cautelares, dentre elas a proibição de acesso a repartições públicas do Estado da Paraíba, manter contato com testemunhas e investigados na Operação Calvário, se ausentar mais de 200 km da comarca de João Pessoa e comparecer mensalmente ao Ministério Público.

Sheyner Asfora e Sólon Benevides não representam mais Livânia no caso. Ela deve ser liberada ainda hoje.

Confira a decisão:

Comente