Opera Paraíba realiza quase mil cirurgias em 13 cidades no fim de semana

Com os procedimentos deste fim de semana, a Maternidade Frei Damião chegou à marca de 100 cirurgias bariátricas

(Foto: Secom/PB)

O programa Opera Paraíba, iniciativa do Governo do Estado para facilitar o acesso da população às cirurgias eletivas, realizou neste último fim de semana do mês de abril cirurgias em 13 cidades do estado. Foram ao todo 980 procedimentos, sendo 51 gerais, 33 bariátricas, 25 ginecológicos, 42 de otorrino, 14 pediátricos, oito urológicos, dois vasculares, 566 de catarata e 239 de pterígio.

Na 1ª Macrorregião de Saúde, abrangendo a grande João Pessoa, as cirurgias aconteceram no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, com cirurgias oftalmológicas; na Maternidade Frei Damião, onde foram feitas cirurgias bariátricas; no Hospital do Servidor Edson Ramalho, que registrou intervenções gerais e vasculares; nos hospitais regionais de Solânea, Belém, Guarabira, Itabaiana e Mamanguape, com cirurgias gerais, ginecológicas e urológicas; e ainda em Bananeiras, onde foram realizadas cirurgias de catarata e pterígio.

Com os procedimentos deste fim de semana, a Maternidade Frei Damião chegou à marca de 100 cirurgias bariátricas realizadas desde o início dos procedimentos na unidade, em novembro do ano passado. Por mês, são oferecidos 24 procedimentos para o tratamento da obesidade, todos com o uso de tecnologia minimamente invasiva.

A aposentada Sebastiana de Lima, 73 anos, da cidade de Riachão do Poço, foi uma das pacientes contempladas, no último sábado, com uma cirurgia de catarata. Ela estava com muita dificuldade para enxergar e estava ansiosa pela operação. “Já tinha feito um procedimento no olho direito há três anos, estava lutando para operar o outro desde então. Minha maior tristeza é porque deixei de assinar o meu nome, porque parei de enxergar direito. Agora com essa cirurgia o meu maior sonho é voltar a assinar o meu nome bem direitinho”, comentou.

Já no interior do estado, na região da 2ª Macro de Saúde, o programa contemplou as cidades de Campina Grande, Queimadas, Monteiro e Picuí, com procedimentos gerais, oftalmológicos, bariátricas, urológicos, pediátricos e de otorrino. E no Sertão do estado, o programa esteve na cidade de Patos e Sousa, beneficiando pacientes da região com cirurgias gerais e ginecológicas.

O secretário de Saúde da Paraíba, Jhony Bezerra, lembra que a Paraíba figura entre os cinco estados da federação com potencial de reduzir drasticamente a fila de cirurgias eletivas este ano, de acordo com levantamento feito pelo Ministério da Saúde. “O Opera Paraíba facilitou o acesso da população às cirurgias, viabilizou uma logística para aumentar a oferta de procedimentos e regionalizou a saúde no estado, realizando cirurgias, inclusive de alta complexidade, em todas as regiões de saúde,” afirma.

Para participar do programa é necessário que o usuário tenha indicação cirúrgica e encaminhe os exames e documentos necessários à secretaria de saúde de seu município ou realize o cadastro no site operaparaiba.pb.gov.br.