Um ônibus oriundo de Cajazeiras e uma carreta se envolveram em um grave acidente na manhã desta quinta-feira (15), na BR-020, em Formosa, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. Segundo o Corpo de Bombeiros, seis pessoas morreram no local. Além disso, o Hospital de Base confirmou que mais uma pessoa, que foi socorrida, também não resistiu aos ferimentos. Além disso, 30 pessoas ficaram feridas e encaminhadas para unidades de saúde da região.

No ônibus viajava 43 passageiros mais o motorista. A assessoria de imprensa dos bombeiros em Goiás informaram que a corporação ainda tenta resgatar mais sete pessoas que estão presas às ferragens.

Uma das laterais do ônibus ficou completamente destruída. A carreta transportava adubo e toda carga ficou espalhada no local. A proprietária do veículo já está providenciando guincho. O caminhoneiro sobreviveu.

Os bombeiros do Distrito Federal também ajudam no atendimento e enviaram um helicóptero e sete ambulâncias para o local. Algumas vítimas foram encaminhadas para hospitais do DF.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que já foram encaminhadas 12 vítimas aos hospitais da capital, sendo quatro no Hospital de Planaltina, duas no Hospital do Paranoá, três no Hospital de Sobradinho e três no Instituto Hospital de Base.

A colisão ocorreu no KM 45 da rodovia, entre os povoados de JK e Bezerra. A pista está interditada nos dois sentidos. Policiais controlam o trânsito no local.

De acordo com a PRF, o trecho onde houve a colisão é de pista simples. A ultrapassagem no local é proibida.

O que diz a empresa

Em nota, a empresa Expresso Guanabara, sediada em Fortaleza (CE) e responsável pela linha, informou que o acidente aconteceu por volta de 6h30. O veículo estava com 43 passageiros a bordo e o motorista. O ônibus saiu de Cajazeiras, na Paraíba, às 16h35 de terça-feira (13) e seguia para Goiânia.

O motorista tinha tido 20 horas de descanso antes de assumir o volante. A empresa enviou de imediato uma força-tarefa de Brasília para prestar a assistência necessária aos passageiros. A Guanabara informou que vai prestar toda assistência necessária às vítimas e que os familiares dos passageiros podem entrar em contato pelo telefone 0800-7281992.

Em nota, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) afirmou que o ônibus é novo e “está em conformidade quanto aos requisitos legais”. Além disso, a Expresso Guanabara tem autorização da agência para operar na linha.

Com G1

Comente

Antares

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here