OMS altera o nome da varíola dos macacos para “mpox”; entenda

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta segunda-feira (28) que começará a usar um novo termo, “mpox” (do inglês, “monkeypox”), como sinônimo da varíola do macaco e insistiu para que todos sigam o exemplo, após receber reclamações de que o nome atual da doença é racista e estigmatizante.

“Ambos os nomes serão usados simultaneamente por um ano, enquanto ‘monkeypox’ é eliminado”, disse a organização global de saúde.

A OMS lançou um processo de consulta pública para encontrar um novo nome para a doença no início deste ano.

Uma das propostas mais populares foi “mpox”, ou “Mpox”, apresentada pela organização de saúde masculina RÉZO, entre outras.

Seu diretor disse na época que a remoção da referência a macacos ajudou as pessoas a levar a sério a emergência de saúde.

A varíola do macaco, descoberta em 1958 e batizada por conta do primeiro animal a apresentar sintomas, se espalhou principalmente em um grupo de países da África Ocidental e Central até este ano.

Agora, 110 países relataram cerca de 80 mil casos confirmados e 55 mortes, segundo dados da OMS.

Do R7