A Fundação João Mangabeira lança, no próximo dia 31, o Observatório da Democracia, que será materializado por meio de um portal na internet, e terá diagnósticos sobre as decisões do governo federal nas diversas áreas da gestão, como Soberania e Infraestruturas.

A iniciativa reúne sete fundações partidárias: João Mangabeira (PSB), Lauro Campos(PSOL), Leonel Brizola-Alberto Pasqualini (PDT), Maurício Grabois (PCdoB), da Ordem Social(PROS), 1º de maio(SD) e Perseu Abramo (PT).

Publicidade

O presidente da Fundação João Mangabeira, ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, acredita que o Observatório da Democracia poderá ser um contraponto importante à atual conjuntura política brasileira.

“Trata-se de uma iniciativa inédita de articulação entre sete fundações que têm em comum o fato de terem postura crítica com relação à gestão federal, a função desse portal é estabelecer diálogos necessários sobre as ameaças que estão rondando as políticas públicas no Brasil”, afirma Coutinho.

Comente