A capital paraibana ficou assustada, neste final de semana, com o acidente em que a fachada de concreto de uma loja que fica em uma das principais ruas do Centro da cidade, desabou sobre veículos e por pouco não houve vítimas. O acidente aconteceu na Avenida Padre Azevedo, rua esta em que a Prefeitura de João Pessoa vem realizando várias intervenções desde a obra da Lagoa, com a reforma do túnel que sai da Lagoa e vai até a ‘Cidade Baixa’ no bairro do Varadouro.

A redação do Portal Paraíba Já foi procurada por comerciantes do local, onde fizeram uma espécie de desabafo. Com medo de perseguição, os comerciantes preferiram não se identificar, mas culparam a obra que está sendo realizada pelo prefeito Luciano Cartaxo, de ter causado o acidente com a fachada da loja.

Um dos comerciantes destacou todos os transtornos que estão tendo por conta desta obra: “Colocaram uma fita de isolamento e cones e impedem até pedestres de passaram, deixando os  comerciantes no prejuízo.  Ônibus estão sendo desviados”, o comerciante ainda fez a segunda queixa: “Mais de ano depois que Cartaxo reformou a  Lagoa, já não bastava a Polícia Federal ter botado olho graúdo no que foi feito com o dinheiro, ainda tem a questão do túnel.  Aquele mesmo que saiu peixe por mais de duas vezes  quando choveu. O reparo dura mais de ano, colocaram tapumes na Padre Azevedo e  se danaram a cavar”, disse o comerciante.

Ele ainda lembrou que: “colocaram uma escavadeira de grande porte e a estrutura das lojas estremeceram. Comerciantes foram reclamar e ouviram dos funcionários da construtora que a prefeitura queria que o reparo terminasse logo por conta da repercussão política. Até Lojistas de outros quarteirões foram reclamar, mais a tremedeira não parou. Resultado; caiu a marquise de  loja de peças para motos e de salão de beleza  e por muito pouco não  morreu gente. Toda essa situação por conta de uma obra entregue as  pressas e, agora, com medo da repercussão política e nas redes sociais”, analisou.

Confira as fotos feitas pelos comerciantes.

Camara Municipal