Número de mortos por coronavírus na América Latina ultrapassa 200 mil

Brasil e o México concentram, juntos, 70% do número de mortes confirmadas pelo coronavírus na região

O número de mortos na América Latina pela Covid-19 ultrapassou 200 mil na noite deste sábado (1º), segundo contagem da agência Reuters baseada em dados oficiais. Há pouco mais de um mês, em 24 de junho, a América Latina confirmava 100 mil mortes pela Covid-19.

A marca foi alcançada após o ministério da Saúde do Peru confirmar mais 191 mortes pela doença, alcançando um total de 19.408 óbitos pelo coronavírus. O pais está entre os dez no mundo que mais perderam vidas para o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Também no sábado, o Brasil ultrapassou as 93 mil mortes registradas, e o México confirmou 764 mortes em 24 horas, alcançando 47.472 óbitos. Juntos, os dois países concentram 70% das mortes pela doença na região.

Na sexta (31), o México se tornou o 3º país no mundo com mais mortes pela Covid-19, ultrapassando o Reino Unido e ficando atrás apenas de Brasil e Estados Unidos. No mesmo dia, o Brasil fechou o mês com o número mais alto de mortes desde o início da pandemia: 32.912. Foi o segundo mês seguido em que mais de 30 mil pessoas perderam a vida para a Covid-19 no país.

No mundo, a doença já tirou mais de 685 mil vidas e provocou mais de 17,8 milhões de casos, segundo o balanço da Universidade Johns Hopkins.

Do G1

Comente