Novo ministro da Saúde disse que jovens precisam ser tratados em detrimento de idosos

Nomeado por Jair Bolsonaro como novo ministro da Saúde, Nelson Teich, diz em vídeo que “na saúde, o dinheiro é limitado e escolhas são inevitáveis” e sugere que jovens têm prioridade em relação a idosos no tratamento contra infecção pelo novo coronavírus (Covid-19).

+ Bolsonaro demite Mandetta do Ministério da Saúde; oncologista Nelson Teich vai assumir o cargo

“Na saúde, o dinheiro é limitado e escolhas são inevitáveis”, diz Nelson Teich, novo ministro da Saúde.

Ele diz também que o mesmo valor gasto para salvar a vida de um idoso será utilizado para salvar um jovem, e portanto a pessoa mais longeva não deve ser priorizada.

“Investir num adolescente que está com problema, o dinheiro que vou investir é igual. Só que essa pessoa é um adolescente, que vai ter a vida inteira pela frente, e a outra é uma pessoa idosa que pode estar no final da vida”, diz Teich.

Assista

Comente