Publicidade
Tecnologia

Novo Android chega nesta semana; veja o que vai mudar no seu smartphone

Google vai apresentar seus lançamentos entre os dias 7 e 9 de maio, no Google I/O 2019

O Google vai apresentar seus lançamentos entre os dias 7 e 9 de maio, no Google I/O 2019. O evento anual promete revelar a nova versão do sistema operacional do Android, o Android 10 (Q). Celulares da Samsung, Motorola e LG, por exemplo, podem receber a atualização do software. Detalhes dos aparelhos Pixel 3a e da Android TV Box também são esperados na ocasião. A plataforma de jogos da empresa, Stadia, lançada em 2018, deve ganhar mais funcionalidades que impactam na experiência do usuário. A conferência ocorre em Mountain View, Califórnia, nos Estados Unidos.

- Continua depois da publicidade -

Há expectativa para o aprimoramento de outros serviços, como a Google Assistente. A assistente pessoal pode receber otimização no sistema de inteligência – ela já consegue enviar uma mensagem no WhatsApp e consultar o dicionário, por exemplo. Recursos de realidade aumentada devem ser incorporados ao Chrome OS – a empresa tem investido na tecnologia para seus produtos. Os interessados em acompanhar o evento devem acessar o YouTube, que costuma fazer a transmissão simultânea.

Android Q

A estreia mais esperada para o Google I/O é a nova versão para celulares com Android. Em março, a empresa liberou uma primeira versão beta do Android Q, o que reforça a probabilidade de que mais detalhes sejam abordados no encontro de desenvolvedores do Google.

Na plataforma para testes, a privacidade é um dos pontos fundamentais, sobretudo, no que diz respeito ao reforço na proteção de acesso a aplicativos. Atalhos deverão ser usados para o envio direto de conteúdo para contatos e, caso algum serviço precise, um painel de configurações deve ser exibido. O uso simultâneo de aplicativos no software é esperado – a medida promete aumentar a dinâmica de uso. Além disso, gestos de navegação teriam passado por uma reformulação.

Há chances de haver um modo escuro e uma área de trabalho. Esta ofereceria uma interface como de um PC e não estaria relacionada ao modelo do fabricante. Parecido ao Face ID da Apple, um reconhecimento facial também pode ser confirmado no novo sistema operacional para Android. Por enquanto, nenhuma atualização foi confirmada.

Pixel 3a

O possível telefone do Google, o Pixel 3a, é outro item esperado na conferência. Com tamanho médio, o aparelho pode ter uma versão maior, o Pixel 3a XL. Caso o dispositivo não seja comentado, será uma surpresa, pois informações vazadas dos smartphones indicam que eles terão câmeras de 12 megapixels – significativa para fotos com alta resolução. A inclusão do Pixel Visual Core promete levar ajustes como maior sofisticação no contraste de dois tons, além do uso de botões de retro-iluminação.

O preço dos novos celulares ainda é um mistério. Para a versão padrão do Pixel 3a é estimado o valor de US$ 799 (em torno de R$ 3.200, em conversão direta, sem impostos). Para esse tipo de tecnologia, um preço acessível não é o esperado.

Nest Hub Max

O dispositivo inteligente do Google deverá ganhar uma dimensão de 10 polegadas. No aparelho, uma câmera estaria acoplada para emitir alertas de movimento e som, recurso que pode ser utilizado tanto com um dispositivo de segurança quanto como meio de transmissão para chamadas de vídeo Duo. O som com alto-falantes estéreo do Nest Hub Max acrescentaria mais qualidade e clareza ao som das músicas e vídeos do YouTube, por exemplo. Após o Google trazer notícias sobre o dispositivo, as apostas para que o equipamento tecnológico seja lançado são maiores.

Google Stadia

A plataforma pretende transformar a maneira como os jogos são consumidos e traz a proposta de disponibilizar diversos títulos em um catálogo online. A ideia poderia ser comparada ao serviço da Netflix, pois o Google Stadia tem o intuito de oferecer uma assinatura mensal para o jogador acessar diversos games. Isso dispensa ter o console para a execução do jogo. O usuário também poderia gravar o próprio jogo e transmiti-lo no YouTube, além de contar com uma solução de dúvidas, a partir da consulta de trechos jogados nos vídeos de outros gamers.

Em março, o Google mencionou os planos do serviço na Game Developers Conference. Mais detalhes serão revelados no verão estadunidense, na conferência de jogos E3 em Los Angeles. No entanto, é provável que mais novidades venham aumentar o interesse do público no Google I/O.

Android TV

Rumores apontam para atualizações da Android TV, mas ainda sem especificidades das mudanças. Há interesse do público em um update da plataforma de TV do Google para não permanecer com recursos atrasados em relação ao mercado. A tendência indica que interfaces modernizadas já foram lançadas por concorrentes, como os modelos de TV mais atuais da Samsung e da LG, que ultrapassam o recurso do suporte da Google Assistente.

Google Assistente

O recurso de destaque para a Google Assistente foi o Duplex. A tecnologia usa inteligência artificial para falar como um humano, por meio de mecanismos naturalmente usados na fala como expressões do tipo “hmm” e outros sons utilizados em chamadas telefônicas que fazem o atendimento para o usuário. De olho em investimentos do mercado, é possível que alguma alteração seja divulgada, assim como mais maneiras criativas de usar a assistente pessoal.

Realidade aumentada

A chegada da Google Lens permitiu que a empresa se valesse da tecnologia para sobrepor imagens digitais em cenários reais. Além disso, o Google também oferece uma ferramenta que permite ao usuário visualizar setas digitais na tela do celular quando estiver no modo de navegação do Maps. Assim, para buscar informação de um local pela câmera do smartphone, como uma informação de um restaurante, por exemplo, somente é preciso apontar a câmera do aparelho para o local. Tais recursos só são possíveis graças aos recursos de realidade aumentada. Por isso, o Google I/O pode ser uma ocasião oportuna para surpreender com novidades nesse quesito.

Chrome e mais

Alterações do Chrome e do Chrome OS também são consideradas no evento anual do Google.

A companhia tem investido em esforços para que aplicativos do Android possam se integrar ao Chrome OS. A tecnologia DayDream VR também poderá integrar a programação de assuntos a serem apresentados no evento, pois faz três anos desde o lançamento do recurso de realidade virtual. As informações são do TechTudo.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar