Nonato diz que “respeito e a confiança” em João o fizeram reconsiderar sair da vida pública

O jornalista Nonato Bandeira aceitou o convite do governador eleito João Azevêdo (PSB) para compor o governo em 2019 e desistiu de sair da vida pública. Após disputar as eleições para a Câmara Federal deste ano e não lograr êxito, Nonato entregou o comando estadual do PPS e disse que iria se dedicar à profissão de jornalista, no âmbito privado.

Em entrevista ao Paraíba Já, Nonato ressaltou que bom relacionamento, respeito e confiança que tem em João Azevêdo foram as razões para que ele aceitasse a chefia da Secretaria de Governo no governo do socialista.

Publicidade
ALPB

“Em primeiro lugar, o bom relacionamento, o respeito e a confiança que tenho em João Azevêdo. Portanto, não poderia deixar de atender uma convocação do novo governador paraibano, para dar sequência a um belo trabalho de Ricardo Coutinho, implantando também suas novas ideias e ajustando a máquina pública à realidade brasileira atual”, observou.

Nonato reassumirá a mesma pasta que comandou no governo de Ricardo. Ele se desvinculou da pasta em março deste ano para disputar as eleições.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]