Nonato Bandeira diz que gabinete do ódio tenta criar ‘teoria do caos’ na segurança da PB

O secretário de Estado da Comunicação Institucional, Nonato Bandeira revelou, em entrevista ao programa Conexão Master, da TV Master na segunda-feira (24), que há atuação do conhecido “gabinete do ódio”, estrutura que desfere ataques ofensivos a diversas pessoas, às autoridades e às instituições, na Paraíba. As informações foram repassadas ao Governo do Estado.

De acordo com o secretário, setores ligados ao bolsonarismo tentam criar a ‘teoria do caos’ para que não sejam feitos investimentos na Paraíba, o que não gera emprego, renda e deixa cidadão assustado.

“É uma loucura total não pensar no Estado, mas é a política do quanto pior melhor para esses setores radicalizados, que, primeiro, se encastelaram no poder, depois estão vendo que não era apenas com o discurso de ódio que se construía um governo, uma gestão, então passaram para radicalizar contra os governadores”, afirmou.

Nonato Bandeira ainda comentou que os mesmos conteúdos, com ataques, deboches e tentativas de desqualificar governadores vêm sendo relatos por secretários de Comunicação de outros estados do Nordeste. “Eles fazem essa ‘guerrilha’ para tentar desestabilizar”, ressaltou.

O secretário garantiu que os ‘oportunistas’ estão sendo monitorados “e todos eles estão sendo desmascarados pelos bons índices da gestão estadual, quando as pessoas estão acompanhando o momento de transparência e desenvolvimento que o Estado vive.”