No Maracanã, Botafogo-PB enfrenta o Fluminense pela Copa do Brasil

Vale na vaga na terceira fase e uma injeção financeira muito bem vinda para as pretensões futuras do clube. O Botafogo-PB entra em campo, na noite desta quarta-feira (03), para enfrentar o Fluminense pela Copa do Brasil em busca desses dois propósitos. Para que isso aconteça, vai precisar jogar mais do que vem apresentando e buscar a vitória, apesar da sua invencibilidade na temporada e dos quatro empates consecutivos nos últimos quatro jogos. Em caso de mais uma igualdade no tempo normal, a vaga na terceira fase será decidida nas cobranças de pênaltis.

Com a volta de Nenê, a sua principal peça até aqui, na temporada, o Fluminense deve se lançar ao ataque para buscar a classificação diante do Belo. Com um time leve e de muitos garotos revelados em Xerém, sede das categorias de base do tricolor, a equipe das Laranjeiras sobrou fisicamente no primeiro duelo, diante do Moto Club, quando chegou a estar perdendo por 2 a 0. O único possível desfalque fica por conta do meio Paulo Henrique Ganso, que sentiu dores no joelho, no fim de semana, e nem atuou na goleada por 5 a 1 no Madureira, pelo Campeonato Carioca.

O Botafogo-PB vai entrar em campo precisando equilibrar entre o pragmatismo de 2020 e a ofensividade do time dirigido por Evaristo Piza em 2019. Jogando como franco-atirador, o Belo precisa se fechar bem diante de um time de Série A, e ser eficiente nos momentos em que conseguir atacar.

Sem Felipe, Enercino e Kelvin, o treinador pode contar com a volta do lateral Mário, e deve entrar em campo com o mesmo time que empatou contra o Ceará, quando a equipe conseguiu mostrar o seu melhor futebol até aqui. Vindo de uma sequência sem vitórias, apesar da invencibilidade no ano, o time pessoense vai precisar mostrar suas cartas para surpreender o Fluminense em pleno Maracanã e, nos 90 minutos, sair de campo com a classificação para a terceira fase.

Comandante do time que venceu o Flamengo de Zico no palco das finais das Copas de 50 e 2014, o ídolo botafoguense Magno integra a delegação para tentar motivar os atletas atuais a repetirem seu feito, vencendo no antigo estádio maior do mundo. As informações são do Voz da Torcida.

Comente