No Almeidão, Botafogo-PB e Fortaleza decidem a Copa do Nordeste de 2019

(Foto: Nádya Araújo/ Botafogo-PB)

Chegou o grande dia. Nesta quarta-feira (28), às 20h, no estádio Almeidão, em João Pessoa, Botafogo-PB e Fortaleza decidem quem será o Campeão da Copa do Nordeste de 2019.

Depois de vencer o primeiro jogo, na semana passada, no Ceará, o Leão do Pici joga por um empate. Para ficar com a Orelhuda nos 90 minutos, o Belo tem que bater o rival por dois gols de diferença. Em caso de vitória botafoguense por um tento de vantagem, o campeão será conhecido após cobranças de pênaltis.

As duas equipes se enfrentaram por duas oportunidades nesse Nordestão. No dia 2 de fevereiro, pela terceira rodada da primeira fase, Paulo Renê marcou, aos 44 minutos do segundo tempo, o gol da vitória botafoguense em João Pessoa por 1 a 0, mesmo placar pelo qual tricolor cearense bateu o Belo na semana passada, no primeiro jogo da final, no Castelão, com gol de Wellington Paulista.

Botafogo-PB

Precisando da vitória diante de sua torcida, o Botafogo-PB contará com o que tem de melhor a disposição para a Copa do Nordeste. Ficam de fora, por chegarem após o encerramento do prazo para inscrições no torneio, os atacantes Kelvin e Felipe Alves, o zagueiro Fred, o lateral direito Neílson e o meio campista Erivélton.

Como reforços, o treinador Evaristo Piza vai ter os retornos do meia Marcos Aurélio, em fase final de recuperação de uma lesão na coxa direita, que vai para o sacrifício, e do volante Rogério, que ficou de fora da primeira partida por cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo.

O meio campista Juninho, que saiu lesionado sentindo uma pontada na coxa direita no último domingo, contra o Imperatriz-MA, pela Série C, foi poupado do treinamento da véspera do duelo, mas deve ter condições de jogo.

Na mesma partida foram poupados o lateral direito Israel, o zagueiro Lula, o lateral esquerdo Fábio Alves, os atacantes Dico e Nando, além de Clayton e Rogério, que cumpriam suspensão automática.

Fortaleza

O Leão do Pici chega em João Pessoa para jogar por um empate, e vindo de uma maratona de jogos neste mês de maio, o treinador Rogério Ceni poupou oito titulares no último fim de semana, quando a equipe empatou por 1 a 1 com o Vasco, pela Série A do Campeonato Brasileiro.

Porém, um dos poucos titulares que foram utilizados na ocasião, o meio campista Edinho, sentiu uma contusão no músculo adutor da coxa esquerda, e não se recuperará a tempo da decisão do Nordestão. Wellington Paulista, autor do gol do primeiro jogo das finais, se recuperou de lesão na panturrilha e vai para o jogo.

Em contrapartida, o atacante Júnior Santos, artilheiro da Copa do Nordeste com 8 gols, ao lado de Gilberto, do Bahia, que estava suspenso no duelo do Castelão, fica a disposição do comandante do Fortaleza. As informações são do Voz da Torcida.

Comente