NBB: em jogo emocionante, Unifacisa vence o Pinheiros de virada, em SP

Em um jogo emocionante, a Unifacisa (PB) venceu o Pinheiros (SP) por 87×85, na noite desta quarta-feira (9), em São Paulo, em mais uma rodada do Novo Basquete Brasil (NBB).

No confronto entre o sexto e o sétimo colocado na tabela de classificação, melhor para o time de Campina Grande, que correu atrás do placar o jogo inteiro, virou o jogo no último minuto e ultrapassou o rival na competição.

O jogo começou com Jefferson abrindo o placar para o Pinheiros em jogada dentro do garrafão, e logo na jogada seguinte, Crescenzi virou o jogo para os donos da casa em bola de três pontos. Os visitantes seguiam melhores no início da partida e Deryk abriu 6×3 em belíssima jogada individual. Mas Unifacisa seguia mantendo a competitividade do jogo e virou o jogo para 10×9 com jogada de velocidade Cubillan. Porém, na reta final do primeiro quarto, os visitantes encaixaram uma boa corrida e garantiram a vitória parcial do período por 22×16.

No início do segundo quarto, teve o Pinheiros ainda mais consistente no ataque, com destaque para o ala Jefferson que seguia “on fire” na partida e anotou o décimo ponto no jogo rapidamente. E quando os visitantes abriram 10 pontos de vantagem depois de enterrada do Cauê, o técnico de Unifacisa, César Máximo, solicitou o primeiro pedido de tempo na partida. Na volta, os donos da casa seguiam forçando bolas do perímetro e a bola não caía. Melhor para o Pinheiros, que mantinha a vantagem de 10 pontos no jogo e obrigou o técnico adversário a pedir mais um tempo e buscar alguma jogada diferente para encostar no placar. Pouco adiantou, os visitantes levaram o jogo para o intervalo com a vitória parcial de 39×29.

Reação

Na volta do intervalo, o jogo ganhou em equilíbrio e as equipes trocaram cestas no início do terceiro quarto. O Pinheiros não sentia a pressão da torcida adversária e mantinha a vantagem acima dos 10 pontos, que ainda tinha o Jefferson muito bem na partida. Unifacisa continuava com os mesmos problemas em arremessos do perímetro da primeira etapa e não conseguia mais encurtar a diferença no placar. Gui abreu matou uma bola de três no estouro do cronômetro do terceiro período, e levou o jogo para o último quarto com a vitória parcial de 62×51.

Na primeira posse ofensiva do último quarto, Antônio matou uma bola de três pontos e cortou a vantagem para oito pontos, incendiando a torcida de Unifacisa no jogo. Na jogada seguinte, foi a vez de André Goes matar uma bola tripla, e cortar a vantagem para cinco pontos. E então, o técnico Edson Bergamo pediu tempo pela primeira vez na partida.

Deu resultado, o Pinheiros voltou ligado e se manteve firme na frente do placar, com boas trocas de passes para sempre encontrar um companheiro livre para pontuar. Mas o time de Campina Grande era aguerrido e faltando pouco menos de três minutos para o fim do jogo, cortou a vantagem para apenas uma posse de bola e quando faltava 1m20s, Gerson empatou o jogo após pegar rebote ofensivo. Na posse seguinte, Gerson virou o jogo em cobrança de dois lances livres. Era a primeira liderança dos donos da casa na partida e importantíssima, garantindo a vitória para Unifacisa.

Destaques da partida

Unifacisa: Gaskins (24 pontos e cinco rebotes) e André Goes (20 pontos e quatro rebotes).

Pinheiros: Gui Abreu (12 pontos e sete rebotes) e Jefferson (13 pontos e quatro rebotes).