“Não existe esse fantasma”, diz Bruno sobre tese de Pedro disputar a PMCG

Ex-deputado comentou números de pesquisa divulgada ontem. Declarações foram dadas durante entrevista ao programa 'F5', da 89 Rádio Pop FM, nesta quinta-feira (23)

“Não existe esse fantasma, é pura especulação, a gente sabe que a imprensa é especulativa, é natural que seja”. A afirmação é do ex-deputado e pré-candidato a prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), ao comentar sobre o nome de Pedro Cunha Lima na disputa por ser o candidato do prefeito Romero Rodrigues (PSD) nas eleições 2020. Declarações foram dadas durante entrevista ao programa ‘F5’, da 89 Rádio Pop FM, nesta quinta-feira (23). O ex-tucano comentou sobre os resultados da pesquisa divulgada na quarta-feira, que o apontam entre os dois primeiros colocados em todos os cenários.

+ Bruno e Inácio fariam 2º turno em Campina Grande, aponta pesquisa

Questionado sobre um recado dos números para que Pedro Cunha Lima saia de uma possível disputa interna, Bruno disse que não há um terceiro nome.

“Não há esse fantasma que criaram na presença de um suposto tércio [que significa terceiro], até porque não existe briga. O que existe é uma disputa democrática onde pessoas pretendem lançar candidaturas, e aquele que estiver mais viável, mas bem avaliado, é natural a tendência que seja o candidato confirmado”, afirmou .

Apesar dos bons números a seu favor, Bruno diz que “não falta nada” para o grupo de Romero lhe ungir como o candidato nas urnas. “A questão é mais de diálogo mesmo. Romero não tem condição, nem nenhum de nós, de falar de política no auge de uma pandemia, nao que tenha passada, mas o susto inicial já passou”, disse. “Não tem como fazer eleição sem debate”, acrescentou Bruno.

Comente