Publicidade
Brasil

Na véspera da primeira grande greve, Bolsonaro desiste de cortar orçamento no MEC

Informação foi repassada pelo líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO)

Na véspera do que deve ser a primeira grande greve do seu governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou hoje que não haja mais cortes orçamentários no Ministério da Educação (MEC).

- Continua depois da publicidade -

A ordem foi passada por telefone ao ministro da pasta, Abraham Weintraub, nesta tarde. Líderes partidários reunidos com o presidente no Palácio do Planalto presenciaram o telefonema.

“O presidente ligou para o ministro na nossa frente e pediu para rever. O ministro tentou contra-argumentar, mas não tem conversa”, disse ao UOL o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO).

O deputado afirmou que o valor contingenciado não será cortado em outra pasta. Informações do UOL.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar