- Publicidade -
Política

Raoni: “Na gestão release e propaganda, quando falta jornalista, a coisa fica séria”

O vereador  Raoni Mendes (DEM), em uma única frase, definiu a situação do Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha), após declarações do secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, de que os problemas do hospital se dá pela falta de jornalistas.

- Continua depois da publicidade -

“Na gestão release e propaganda, quando falta jornalista, a coisa fica feia”, refletiu o vereador, que compõe a bancada de oposição na Câmara de João Pessoa (CMJP).

Fulgêncio afirmou, durante entrevista ao programa Correio Debate, da 98 FM, que os problemas encontrados no Trauminha, não seria a falta de gestão, de medicamentos, leitos ou de higiene, mais sim falta de jornalistas no hospital.

O Trauminha foi fiscalizado no último dia quatro  pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), e várias irregularidades foram encontradas. A má gestão do hospital seria um dos motivos apontados pela equipe de fiscalização do CRM para o caos no qual a unidade se encontra.

De acordo com o secretário, se tivesse jornalistas responsáveis pela imagem do Trauminha, as irregularidades do hospital não viriam a público.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar