Museu do Artesanato Paraibano ganha tour virtual e segmento será divulgado para o mundo

O Museu do Artesanato Paraibano Janete Costa, localizado na Praça da Independência, no Centro de João Pessoa, é o primeiro deste segmento a ganhar o mundo por meio da digitalização. A iniciativa vai proporcionar, além de comodidade a quem aprecia o artesanato genuíno, a divulgação do segmento, que não apenas fortalece a cultura, mas gera renda e ocupação para milhares de paraibanos e paraibanas.

Por meio do site https://pap.pb.gov.br/museu/tourvirtual/ é possível, de qualquer parte do mundo, conhecer o que há de mais autêntico produzido no artesanato paraibano. Ao acessar o site, o internauta conhecerá o espaço onde fica localizado o Museu. Clicando no botão visitar, começa a entrar no museu, podendo inclusive ser orientado por pessoas que ali trabalham. Daí é só continuar clicando nos ícones para fazer o passeio pelos ambientes onde estão expostas peças que envolvem uma gama de tipologias: cerâmica, brinquedos populares, renda renascença, macramê, cerâmica, madeira, couro, entre outros. Mais uma ação do Governo do Estado que reconhece o artesanato como atividade empreendedora e a importância da inclusão digital do segmento.

Como qualquer projeto piloto, o tour virtual do Museu do Artesanato Paraibano passará por ajustes, mas será implantado em outros equipamentos do Estado. “É um compromisso nosso para a segunda gestão, digitalizar cada vez mais nossos serviços e processos, facilitando a transparência e o acesso às informações e oportunidades a toda a sociedade”, garantiu o governador João Azevêdo.

A primeira-dama do Estado e presidente de Honra do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), Ana Maria Lins, destacou o tour virtual como mais uma grande conquista do segmento. “O tour virtual é mais uma prova de um trabalho que vem dando certo. Com isso, estamos facilitando o acesso da população a uma arte genuína, muito representativa, que é o nosso artesanato, e divulgando o trabalho dos nossos artesãos e artesãs para o mundo”, afirmou.

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, ressaltou que a ação é também uma grande oportunidade de as pessoas conhecerem as raízes da Paraíba. “Mais uma grande conquista do Artesanato Paraibano ter o nosso Museu do Artesanato Paraibano Janete Costa disponível para o mundo. Qualquer pessoa poderá sentir a emoção de conhecer nossas raizes culturais”, disse.

A concepção – O diretor do Museu do Artesanato Paraibano Janete Costa, Fábio Morais, explicou que, com a pandemia e a forçada realização do 32° Salão do Artesanato no formato virtual, surgiu a ideia para que experiência semelhante também fosse reproduzida. “A plataforma do PAP foi pensada também na criação do tour virtual, permitindo que pessoas em qualquer lugar do mundo pudessem conhecer o museu, sua estrutura e acervo. Além disso, estamos seguindo o exemplo de outros museus que já apresentam esse tipo de acesso”, contou.
“Com isso, nos baseamos e orientamos a empresa responsável pela construção do tour — como e o que gostaríamos de mostrar ao visitante. A partir daí, criamos os roteiros e os textos, explicando os ambientes”, prosseguiu.

Giuseppe Guido, presidente da Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata), ressaltou a alegria por ter contribuído com o projeto. “Foi um trabalho extremamente agradável contribuirmos para o tour virtual do museu. A demanda estava organizada pelo PAP, textos e informações catalogadas corretamente, facilitando todo o processo”, acrescentou.