Mundo ultrapassa 10 bilhões de vacinas contra Covid aplicadas

Puxado pela China e pela Índia, o mundo ultrapassou as 10 bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas, apontam dados do “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford.

Os dois países mais populosos do planeta, que concentram cerca de 36% da população mundial, foram responsáveis pela aplicação de 46% de todos os imunizantes administrados até agora.

E os dados mostram como a vacinação é desigual no mundo, sobretudo na África.

Os 10 países com mais doses aplicadas são:

  1. China: 2,99 bilhões de vacinas administradas
  2. Índia: 1,64 bilhão
  3. Estados Unidos: 536 milhões
  4. Brasil: 358 milhões
  5. Indonésia: 309 milhões
  6. Japão: 204 milhões
  7. Vietnã: 179 milhões
  8. Paquistão: 174 milhões
  9. Alemanha: 163 milhões
  10. México: 162 milhões

O mundo tem quase 7,8 bilhões de habitantes, e há mais vacinas contra a Covid-19 aplicadas do que habitantes pois quase todos os imunizantes já disponíveis são aplicados em mais de uma dose.

Além disso, diversos países estão aplicando doses de reforço na população para ampliar a resposta imune das pessoas – que tende a cair ao longo dos meses – e enfrentar novas ondas causadas por novas variantes, como a ômicron.

Vacinação proporcional

Mulher recebe dose da Abdala, uma das vacinas cubanas contra a Covid-19, em um centro de vacinação em Havana, em 23 de junho de 2021 — Foto: Alexandre Meneghini/Reuters

Mulher recebe dose da Abdala, uma das vacinas cubanas contra a Covid-19, em um centro de vacinação em Havana, em 23 de junho de 2021 — Foto: Alexandre Meneghini/Reuters

Os países mais populosos lideram a administração de vacinas contra a Covid-19 em termo absolutos, mas nações com menos habitantes se destacam na vacinação proporcional.

Os 10 países mais populosos do mundo são:

  1. China: 1,44 bilhão de habitantes
  2. Índia: 1,39 bilhão
  3. Estados Unidos: 332 milhões
  4. Indonésia: 276 milhões
  5. Paquistão: 225 milhões
  6. Brasil: 213 milhões
  7. Nigéria: 211 milhões
  8. Bangladesh: 166 milhões
  9. Rússia: 145 milhões
  10. México: 130 milhões

Mas China e Índia, os países mais populosos do mundo (e que mais aplicaram doses), não são os que têm o maior percentual da população imunizada.

Até o momento, os chineses já aplicaram 207 doses a cada 100 habitantes e os indianos, “apenas” 117.

Proporcionalmente à população, os países com mais doses aplicadas são:

  1. Cuba: 299 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes
  2. Chile: 241
  3. Emirados Árabes Unidos: 234
  4. Malta: 233
  5. Singapura: 232
  6. Dinamarca: 224
  7. Coreia do Sul: 221
  8. Brunei: 218
  9. Uruguai: 211
  10. Portugal: 208

Cuba lidera a lista pois uma das vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas no país, a Soberana 02, é administrada em três doses. Além disso, o governo já está imunizando crianças a partir de 2 anos.

Vacinação desigual

A vacinação contra a Covid-19 no mundo é, sobretudo, desigual.

Enquanto os países menos desenvolvidos aplicaram apenas 92 milhões de imunizantes (0,14 doses por habitante), os mais desenvolvidos já aplicaram 2,2 bilhões (1,81 doses por habitante), quase 1.200% a maisVeja na tabela abaixo:

Vacinação desigual

Doses aplicadas População Doses por habitante
Mundo 10 bilhões 7,87 bilhões 1,27
Países de renda média alta 4,5 bilhões 2,51 bilhões 1,79
Países de renda média baixa 3,22 bilhões 3,33 bilhões 0,97
Países de renda alta 2,2 bilhões 1,21 bilhões 1,81
Países de renda baixa 92 milhões 665 milhões 0,14

A vacinação também é bastante desigual quando comparados as regiões. Enquanto as nações africanas aplicaram apenas 0,25 doses por habitante, nas europeias essa proporção chega a 1,59 – 536% a mais. Veja no na tabela abaixo:

Imunização contra Covid por região

Doses aplicadas População Doses por habitante
Mundo 10 bilhões 7,87 bilhões 1,27
Ásia 6,81 bilhões 4,68 bilhões 1,45
Europa 1,19 bilhões 749 milhões 1,59
América do Norte 887 milhões 596 milhões 1,49
América do Sul 704 milhões 434 milhões 1,62
África 348 milhões 1,37 bilhão 0,25
Oceania 62 milhões 43 milhões 1,43

O país que menos aplicou vacinas contra a Covid-19 do mundo é Burundi, nação que faz fronteira com República Democrática do CongoRuanda Tanzânia na África Oriental e tem mais de 12 milhões de habitantes, mas apenas 8,4 mil imunizantes administrados.

São 0,0007 doses aplicadas por habitante em Burundi – a pior vacinação proporcional do planeta. Na sequência vem a vizinha República Democrática do Congo (0,0043).

Segundo o “Our World in Data”, 17 dos 20 países que aplicaram menos doses proporcionalmente à sua população são África:

  1. Burundi0,0007 vacinas administradas por habitante
  2. República Democrática do Congo: 0,0043
  3. Haiti*: 0,0178
  4. Chade: 0,0222
  5. Iêmen*: 0,0234
  6. Sudão do Sul: 0,0280
  7. Madagascar: 0,0342
  8. Camarões: 0,0376
  9. Tanzânia: 0,0395
  10. Papua Nova Guiné*: 0,05,72
  11. Burkina Faso: 0,0586
  12. Níger: 0,0708
  13. Mali: 0,0792
  14. Sudão: 0,0828
  15. Nigéria: 0,0916
  16. Etiópia: 0,0931
  17. Malaui: 0,0968
  18. Somália: 0,0984
  19. Senegal: 0,1119
  20. Serra Leoa: 0,1135

HaitiIêmen Papua Nova Guiné são os únicos 3 países da lista que não ficam no continente africano.

Do G1.