Publicidade
Brasil

Mulher leva marido ao hospital em carrinho de mão e critica prefeitura

Cena foi registrada no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio, no RJ

A cena de uma mulher carregando o marido em um carrinho de mão pelas ruas até o hospital do bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, chamou a atenção de moradores. Um deles registrou o momento em que o homem, diagnosticado com tumor no cérebro, chega à unidade após ser carregado por dois quilômetros.

No vídeo, a mulher, que usa uma capa de chuva, desabafa. “Vocês não têm ambulância pra buscar o paciente em casa. Olha! No carrinho de mão eu trouxe!”.

- Continua depois da publicidade -

Apesar do relato no vídeo, a mulher disse à Inter TV que não chegou a ligar pedindo ambulância, porém, tomou a atitude de levar o marido num carrinho de mão após ter ido pessoalmente ao Hospital de Emergência perguntar pelo serviço notando que não conseguiria ambulância diretamente no local.

A mulher chegou a colocar um colchão para forrar o carrinho de mão e amenizar o desconforto do trajeto. Ela saiu da Rua Rio de Janeiro, no bairro Jardim Peró, indo até o hospital, que fica no bairro Jardim Esperança. Ela informou que o marido dela foi atendido e ficou internado.

Veja abaixo a  cena gravada por um morador da região

Segundo a Prefeitura de Cabo Frio, no caso do paciente em questão, houve um erro de comunicação. “A acompanhante não procurou o setor administrativo, responsável pela solicitação da ambulância, mas o setor de emergência, que não faz esse atendimento. Além disso, ela não formalizou o pedido, não explicou a necessidade, tampouco de quem se tratava, já que o paciente foi atendido naquela unidade em outras situações, mesmo a cidade não dispondo do serviço de Samu – que é a responsável por agir nestas situações”, disse em nota.

Nesta quarta-feira (10), a prefeitura informou que o paciente está internado na unidade hospitalar onde está recebendo hidratação e todo o acompanhamento médico necessário. Sobre o estado de saúde, disse que o paciente apresenta uma doença terminal e não há previsão de alta médica. As informações são do G1.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar